Dona da Ambev inicia pesquisa para produzir bebida com maconha

Hemportagem

hempadao 20 dezembro, 2018

Empresários do setor de bebidas, alinhados com a turma da indústria farmacêutica, são históricos defensores da proibição da maconha. Mas agora, que a legalização parece inevitável, tem gente mudando de lado, de olho nas cifras resinadas da cannabis.

A Anheuser-Busch InBev, proprietária da Ambev, fechou uma parceria para pesquisa com a Tilray, produtora canadense de cannabis. As duas empresas vão trabalhar juntas na elaboração de novas bebidas não alcoólicas feitas com infusão de cannabis.

Cada uma vai investir até US$ 50 milhões na pesquisa que, inicialmente, vai atender apenas o mercado canadense, que este ano legalizou o comércio da maconha para uso recreativo. O projeto vai focar tanto em infusões feitos com tetrahidrocarbinol (THC), quanto nos elaborados a base de cannabidiol, princípio de baixo efeito psicoativo.

Entretanto, as decisões relativas à comercialização serão tomadas mais adiante, já que produtos feitos com maconha só se tornarão legais no Canadá em 2019.

Com o anúncio do acordo, as ações da Tilray saltaram 16% após o fechamento do mercado na última quarta-feira (20), enquanto os papeis da AB InBev recuaram 1,8% na Bolsa de Bruxelas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]