Paraguai vai cultivar e distribuir maconha de graça para pacientes

Clipadão

hempadao 6 dezembro, 2017

O Paraguai pode até ser o principal fornecedor de maconha do Brasil, mas por lá ainda vale a estúpida lei proibicionista, que permite até a destruição de plantas por um Ministro de outro país, utilizando uma espada. Mas felizmente as coisas estão melhorando lá.

Na última terça-feira (5), o Congresso do Paraguai aprovou um projeto de lei que que cria um sistema patrocinado pelo estado para importar sementes de maconha e cultivar a planta para uso medicinal. A legislação local já permite, a quem solicitar autorização ao Ministério da Saúde, a importação de óleos feitos com maconha.

Agora, o projeto deverá ser sancionado pelo presidente do país sem resistências, uma vez que foi apoiado pelo Ministério da Saúde. A nova lei vai permitir o acesso gratuito ao óleo de maconha e a todos os derivados da erva aos pacientes com a prescrição para a terapia com a cannabis.

“Estamos muito felizes pois isso também permitirá a importação de sementes para produção do óleo”, disse Roberto Cabanas, vice-presidente da organização medicinal de cannabis do Paraguai. Sua filha possui a síndrome de Dravet e a família pagava 300 dólares por mês pelo óleo de cannabis importado.

“O acesso gratuito sempre foi um clamor dos pais com filhos epiléticos”, destacou o senador do Partido Liberal Fernando Silva ao votar a favor da lei.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina