Laboratórios para cultivo de maconha são fechados em BH e Região

Clipadão

hempadao 29 junho, 2017

Três homens foram presos nesta quarta-feira (28) em Belo Horizonte suspeitos de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar, eles estão envolvidos com o cultivo de maconha em dois laboratórios na cidade e venda da droga. Foram apreendidos skunk – um tipo de maconha forte –, haxixe, balanças de precisão, duas armas, dinheiro e rádios de comunicação.

Fonte: G1

Uma denúncia anônima levou a polícia até um prédio no bairro da Graça, Região Nordeste da capital. No apartamento onde um dos presos mora, os militares encontraram parte da droga. Em um dos quartos havia um espaço montado com o que, segundo a polícia, seria uma estufa para crescimento de maconha.

A namorada do suspeito disse que ele precisa da droga para tratar uma doença, que tem atestados, relatórios médicos e uma liberação da Anvisa para importar cápsulas de THC, o princípio ativo da maconha. Ele afirmou que iria tentar uma autorização na Justiça para fazer o cultivo.

Um outro homem também foi preso em flagrante. Ele estava levando haxixe para o apartamento. A PM foi até a casa dele no bairro Dona Clara, na Região Norte, e encontrou mais droga.

Informações também levaram a polícia a Contagem, na Região Metropolitana. Nos fundos do galpão de uma empresa de fertilizantes, os militares encontraram equipamentos e uma estufa montada. O dono do local foi preso. Ele também disse a corporação que faz uso medicinal de maconha e seria diretor da Associação Brasileira de Pacientes de Cannabis Medicinal

Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia, onde a droga apreendida será pesada.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina