Igrejas ofereciam maconha para “viagens espirituais”

DeCara

hempadao 28 novembro, 2017

Duas igrejas localizadas na Califórnia, nos EUA, foram obrigadas a suspender a entrega de maconha a seus fregueses, logo que um juiz local teve conhecimento do que tava rolando. A prática foi considera ilegal já que nenhuma das instituições estão registradas como pontos de venda pra maconha medicinal.

Para a Iglesia Nativa de Oklevueha, o ato de fumar a erva é um sacramento que permite uma parte indispensável da viagem espiritual. Enquanto a outra, a Iglesia del Valle de Coachella, defende os benefícios da maconha para a mente e a alma.

“Não estamos dizendo que as pessoas não podem fumar maconha com fins religiosos”, explicou o advogado municipal Rick Doyle. “Só que não se pode vender da maneira como estão fazendo”. Acontece que os vizinhos relatam que cada vez mais pessoas estavam vindo comprar o produto “milagroso” a ponto dos visitantes se espantarem com a forte marola.

É o poder de Deus agindo fortemente nesse lugar. E se você não acredita, pode estar cometendo intolerância religiosa contra o fumo… ops, contra a fé dessa galera. Saca só:

A reportagem é original do Diario Presente, adaptada aqui pois ficamos de cara. É questão, portanto de fronteira, também… pois lá pode até ser que eu fosse um fervoroso religioso também. Não?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina