Home Colunas Chapa2 Você me deixa legal

Você me deixa legal

por S. M. Hermes

Outro dia desses assisti no Netflix o documentário Unacknowledged (2017) que teoriza sobre a existência de vidas extraterrestres, além do como e porque os fatos relacionados são distorcidos quando apresentados à população em geral, principalmente através da grande mídia. A primeira metade do filme é composta por depoimentos de diversos profissionais, desde acadêmicos até militares, nos quais são dados detalhes das evidências de que alienígenas de fato existem e já entraram inúmeras vezes na órbita terrestre.

A partir da segunda metade o filme começa a abordar as questões envolvidas no grande esforço de alguns em encobrir que extraterrestres são reais — principalmente forças políticas, militares e econômicas que agem de forma independente, até mesmo do governo federal. O seu intuito é de manter os bois na rédea e longe de qualquer tecnologia que possibilite o êxodo do sistema. Em suma a teoria geral do filme parte bastante das ideias da trilogia Zeitgeist, indicando um controle absoluto da minoria rica.

Em 2017, de acordo com a organização não-governamental britânica Oxfam, sete milhões de pessoas ficaram com 82% de toda riqueza gerada globalmente. O grupo de bilionários na Terra é composto por 2043 indivíduos, sendo que no Brasil os cinco mais ricos possuem o mesmo que a metade menos abastada. Ou seja, óbvia e claramente vivemos numa sociedade desigual ao extremo e que explora tudo e todos, veementemente, exigindo vidas e almas em troca de ilusões vazias e momentâneas.

Conforme Thoreau, em Walden (1854), naquela época a humanidade já era oprimida de infinitas possibilidades devido às imposições do sistema. “As nações são possuídas por uma ambição insana de perpetuar a própria memória pela quantidade de pedra malhada que deixam. E se dedicassem igual esforço para alisar e polir suas maneiras? Uma pequena obra de bom senso seria mais memorável do que um monumento da altura dos céus”, concluiu o autor de forma crítica e pontual.

Portanto, se tanto é feito para que o sistema monetário (e todas suas mazelas) perdure, porque seria impossível a existência de seres extraterrestres e o encobrimento dessa verdade? Por muito tempo a Cannabis foi e ainda é tratada pela opinião pública enquanto tabu, tendo seu uso, cultivo e venda proibidos principalmente pela disseminação de inverdades amplamente divulgadas através da mídia, como por exemplo, a campanha do “você entraria num avião cujo piloto acabou de fumar um bagulho?”.

Aqueles que detêm o poder nunca mediram esforços para manter as coisas em seu favor e controle. Sempre que a população é privada de algo — seja das mínimas condições de sobrevivência, drogas, tecnologia ou da possível existência de vida fora da Terra — é em razão do interesse do 1%. De acordo com Thoreau (1854), “o mal que os homens fazem sobrevive a eles”, todavia não menos que o bem, muito pelo contrário.

“Maracugina, estricnina, que maravilha, o mundo acaba e eu só penso em você, você me deixa legal.” – Maglore

Fontes:

https://g1.globo.com/economia/noticia/super-ricos-ficam-com-82-da-riqueza-gerada-no-mundo-em-2017-diz-estudo.ghtml

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Realidade Canábica

Na verdade, são algumas realidades. E, conforme o tempo passa, o uso da popular maconha vem sendo desmistificado, mesmo que lentamente. Mas ainda assim,...

Doença ligada a cigarros eletrônicos já matou seis pessoas nos EUA

O primeiro relato da doença misteriosa surgiu em abril, no Estado de Illinois; logo, médicos de todo o país começaram a descrever pacientes com...

I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico da cannabis ocorre na próxima terça-feira, 17

Desde 2015 o número de pacientes cadastrados para a importação do canabidiol triplicou no Brasil. O I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico e legislação...

Ministro da Saúde não se opõe à liberação do canabidiol no Brasil

Mandetta afirma que não se opõe a projeto que esvazia funções da Anvisa na liberação de medicamentos O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, nesta...

Eduardo Bolsonaro começa a apoiar projeto que “libera” canabidiol

Além do "filho 03", outros aliados do governo já defenderam o uso do óleo; proposta contraria a posição do governo em relação à maconha...