Vice-premier da Itália lança guerra contra a Maconha

WeedNews

hempadao 20 maio, 2019

Ministro do Interior, Matteo Salvini, quer fechar todas as lojas de cannabis ou derivados na Itália

Matteo Salvini – o homem que quer banir a maconha da Itália

O avanço do conservadorismo em todo planeta deve ser encarado como uma barreira para a legalização da maconha. Com Bolsonaro no poder, o maconheiro ficou mais perto do manicômio.
.
Na Itália, o ministro do Interior e vice-premier, Matteo Salvini, declarou “guerra à maconha”. Na última semana, Salvini comemorou o fechamento de três lojas que vendiam produtos alimentícios feitos com maconha. Pela legislação italiana, estes produtos devem ter, no máximo, 0,2% de THC. Não são capazes de oferecer efeito psicoativo.
.
O vice-premier lançou um discurso de orientação inquisitória para expor o tamanho da ofensiva contra a erva. “A partir de hoje, começa uma guerra rua por rua, loja por loja, bairro por bairro, cidade por cidade,” declarou

.

Maconha X Prostituição?!

Ele ainda fez uma comparação estapafúrdia para apresentar os supostos malefícios da erva. “A droga faz mal, se for preciso legalizar ou liberalizar alguma coisa, melhor a prostituição, uma vez que o amor faz sempre bem, principalmente de maneira protegida e controlada,” comparou Salvini.
.
Felizmente o político conservador tem opositores dentro do próprio governo, inclusive o vice de Salvini no Ministério do Interior, Carlo Sibilia e a ministra da Saúde Giulia Grillo, do movimento antissistema M5S. Para ela os negócios de “cannabis light” não vendem droga.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]