Sexo e Fumaça nos Vídeos em Alta – Orochi, Filipe Ret, Cabelinho e Dfideliz

Música

hempadao 19 junho, 2019

Rappers cariocas e maconheiros alcançam listas em alta no YouTube e levam #Favela ao Tranding Topic nacional

Seja rock, rap ou funk, não importa o gênero. Por aqui a gente busca as boas referência à cultura da ganja. É verdade que o estilo do Rap carioca tem muito a ver com grana, ganja, mulheres e mansões, mas é claro que tem espaço pra fumaça nesse mix.

O Mc Orochi emplacou mais um hit nos vídeos em alta do YouTube. Esse tem título auto-explicativo e um refrão chiclete pronto para fazer as casas de show de norte a sul do país apagarem as luzes do salão e brilhar somente a chama dos isqueiros. Ideal para conectar aquela homenagem ao pai de nós todos, saudoso Mr. Catra, já que o vídeo é quase uma homenagem ao seu life-style.

“Favelado e maconheiro”, aposto que muitos fãs vão cantar assim. Se curte RAP então aumenta o som e vraaaau:

Orochi preso?

Esse ano no fim do mês março o rapper foi parado em uma blitz no Rio de Janeiro, estado de onde é natural. Orochi foi detido após os policiais encontrarem “uma bucha de maconha”. Poucos dias após o incidente, ainda na onda do hype que colocou seu nome em vários portais de notícia do Brasil, o compositor lançou “Balão”, faixa hit que já ultrapassou mais de 20 milhões de plays e… “não para mais de subir”. Bota o capacete que esse é predada:

#Favela

Quem também emplacou um belo som na lista dos vídeos em Alta foi o maconheiro Filipe Ret, junto com o MC Cabelinho. Se você não vê valor em levar a hashtag #favela aos assuntos do momento a nível Brasil e colocar quase um milhão de pessoas a ver um pedido de paz à todas as favelas do país… relaxa. Ainda dá tempo de você mudar seus valores.

Com letra que homenageia as comunidades cariocas e clipe muito bem gravado, chegou a alcançar o terceiro lugar dos vídeo em alta, na categoria geral. Muita força, muito foda, com direito a pedido de liberdade do DJ Renan, preso por suposta associação ao tráfico! “Quem bater de frente tá maluco”, escuta aí:

Sessão do Descarrego

Já que o assunto é Ret e vídeo em alta. Não podia deixar de postar aqui o embrasamento pré-feriado que embala a “Sessão do Descarrego”. Não sei se o menino Ney ia gostar desse refrão. Mas é inegável que essa galera está jogando no nível hard no game do rap-porn. Jogadores caros dessa seleção, Ret e Dfideliz preparam essa verdadeira canção de exorcismo à caretica. Pupila dilatada, muita droga e sacanagem:

Bônus Track: Brasa

Existe vida pra sexualidade para além da objetificação da mulher que o rap acaba preso? Sim. Existe espaço para falar sobre sexo para além do ritmo e poesia? A resposta é sim também. Pelo menos para quem viaja no som de Jade Baraldo, essa autodeclarada “vadia, louca, depravada”, que fala sobre amor e fumaça de forma explícita e doce, em “Brasa”.

Apaixone-se agora mesmo:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]