Home Mais Psicodelia Série de Bela Gil perde classificação livre após exibir consumo de Ayahuasca

Série de Bela Gil perde classificação livre após exibir consumo de Ayahuasca

Bela Gil consome ayahuasca em um episódio da série Bela Raízes, do canal Futura; programa foi reclassificado

O Ministério da Justiça modificou a classificação indicativa do Bela Raízes, série documental comandada por Bela Gil no canal Futura, de livre para proibido para menores de 12 anos. O motivo? Exibição de um ritual indígena em que foi consumida a ayahuasca. A entidade disse que houve valorização negativa do consumo de droga lícita.

O chá de Nixi Pãe, popularmente conhecido como ayahuasca, é utilizado em rituais indígenas, xamânicos e também utilizado em terapias alternativas para tratamentos de doenças do corpo e da mente.

O consumo é permitido em todo o território nacional desde 1992 em rituais espirituais. Os líderes das entidades que oferecem o chá seguem uma Carta de Princípios, onde estão estabelecidos os limites éticos do uso da erva.

Na série de Bela Gil, a nutricionista visitou uma tibo indígena e acompanhou um de seus rituais, onde foi servido o chá de Nixi Pãe. Esta cena foi suficiente para o Ministério da Justiça reclassificar o programa.

Normalmente, atrações que falam sobre drogas lícitas de maneira educativa ou apenas contextualizada por questões culturais, são classificadas como proibidas para menores de 10 anos de idade.

No caso do Bela Raízes, o Ministério da Justiça disse que houve “consumo de droga lícita agravado por valorização de conteúdo negativo, em uma ocasião”. Por esta razão, passou de livre para proibido para menores de 12 anos.

A determinação, no entanto, veio após o fim da primeira temporada. Bela Raízes estreou em 10 de abril e teve seu último episódio inédito veiculado em 3 de julho. Mas todo o conteúdo segue disponível na plataforma de streaming do canal.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Até tu, Dudu? Filho de Bolsonaro apoia liberação do Canabidiol

Candidato a embaixada brasileira em Washington, Eduardo Bolsonaro defende importação livre de medicamentos produzidos nos EUA por Cadu Oliveira / Ilustração Felipe Navarro* Agora que a...

O Assunto #16: Maconha medicinal – quem é beneficiado e quem pode cultivar no Brasil?

Renata Lo Prete conversa com André Resende, do G1 Paraíba, que visitou a única associação do Brasil que tem autorização para cultivar a planta....

Realidade Canábica

Na verdade, são algumas realidades. E, conforme o tempo passa, o uso da popular maconha vem sendo desmistificado, mesmo que lentamente. Mas ainda assim,...

Doença ligada a cigarros eletrônicos já matou seis pessoas nos EUA

O primeiro relato da doença misteriosa surgiu em abril, no Estado de Illinois; logo, médicos de todo o país começaram a descrever pacientes com...

I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico da cannabis ocorre na próxima terça-feira, 17

Desde 2015 o número de pacientes cadastrados para a importação do canabidiol triplicou no Brasil. O I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico e legislação...