Senadores pedem vista coletiva e a votação do projeto de lei 514/2017 é adiada

Hemportagem

hempadao 22 novembro, 2018

Nesta quarta-feira (21/11) ocorreria a votação do projeto de lei 514/2017, que defende a descriminalização do cultivo de maconha para uso medicinal, a qual foi adiada devido a um pedido de vista coletiva e tem votação prevista para a próxima semana. Em uma consulta pública realizada na página do Senado foram obtidos 126.387 votos a favor da liberação e apenas 13.891 votos contra.

Marta Suplicy, relatora do projeto, mostra-se a favor da liberação do cultivo e afirma que é de extrema importância a empatia com os pacientes e seus familiares, descartando qualquer relação com questões políticas ou ideológicas

O coordenador da Plataforma Brasileira de Política de Drogas, Gabriel Santos Elias, diz que os resultados positivos de alguns pacientes irão enternecer os membros do senado. Santos Elias cita Miguel, um menino que sofre de autismo, sua família não tem condições financeiras para importar seus remédios e após o uso de óleos artesanais feitos com cannabis teve uma considerável melhora.

Uma vez que o projeto seja aprovado, ocorrerá uma mudança na Lei das Drogas e o cultivo para fins medicinais é descriminalizado. Será possível a importação de plantas e sementes para o cultivo e, além disso, será possível ampliar os estudos sobre maconha, o que é escasso no Brasil.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]