Home Colunas Chapa2 Secou a fonte da Erva? Tudo depende!

Secou a fonte da Erva? Tudo depende!

Todo usuário já passou por tempos de crise. É normal… o lance é: como sair dela?

por S. M. Hermes

Desde que a casa do contato mais responsa que já tive caiu legal (segue link nas fontes), não havia mais chovido flores uruguaias e também nacionais com tanta frequência, qualidade e variedade, aqui na minha horta. Não vou negar, sempre teve aquele colombianzinho esperto disponível, que quebra o galho bem legal. O famoso ou famigerado “bom, bonito e barato”, distribuído em escala nacional.

Mas agora, nesse abril que já vai ficando pra trás, o negócio ficou florido outra vez. Além dos contatos dos quais eu já dispunha, surgiram outros incrementando ainda mais o cardápio. Entre as variedades que apareceram nessa safra, teve amnésia, afghan kush, blueberry, tangerine, gorilla skunk, sour diesel, etc. — até o momento pude provar as três primeiras da lista, que coisa bem boa! E pra fechar com chave de ouro, o preço da grama tava muito justo e acessível.

Reallity Show Canadense

Assistir “Irmãos à Obra” me fez pensar no povo e na sociedade japonesa, que não sustenta o mesmo hábito de adquirir propriedades da forma que as civilizações do ocidente fazem, como por exemplo, o Tio Sam.

Ainda assim, a série citada na verdade é de origem canadense — prestem atenção nos sotaques. A galera de fato gasta a grana da vida inteira numa casa. Claro que, no fim das contas, depois da reforma, a casa fica topzeira total. E vale e pena? Tudo depende.

***

Novo Rico 420

Nessa última semana, rolaram dois bolões pra Mega-Sena entre a galera do trampo. Até nem sei se não ganhamos nesse sorteio de sábado, vai que dá o azar, né. E se for esse o caso, só pra constar, tô com três milhões a mais no bolso (risos). Enfim, é interessante observar os sonhos e desejos que vão surgindo conforme a possibilidade do prêmio se tornar real.

***

Extinção em Série

Outro dia desses, fiquei sabendo que a humanidade da qual faço parte dizimou os rinocerontes-brancos. Além disso, fiquei sabendo que logo menos faremos o mesmo acontecer com os elefantes. O pior, o mais triste, é o fato disso não ser algo inesperado. Pelo contrário. Desde sempre nossa espécie busca maneiras de aprimorar os erros passados, fazendo algo pior ainda. E assim será, até o fim, até os macacos, ou os robôs, ou macacos-robôs, ascenderem ao poder absoluto na Terra.

“Embora recebessem altos salários, muitos burocratas engordavam seus rendimentos com propinas e desvio de verbas públicas. Inúmeras evidências permitem afirmar que, na peninsula Ibérica, a máquina administrativa não era apenas ineficiente, mas corrupta.” – Eduardo Bueno, em A Coroa, A Cruz e A Espada (2006).

Fontes:

https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/policia-encontra-plantacao-de-maconha-em-casa-de-luxo-em-sapiranga.ghtml

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

De saúde ao mundo dos negócios, a maconha é uma fábrica de notícias

Falamos da cannabis abordando diferentes aspectos: saúde, economia, segurança pública, cultura, história, esportes… por João Henriques / Ilustração: Felipe Navarro Antes de começar a leitura deste...

Nelson Motta revela que fuma maconha todos os dias há 55 anos

Jornalista, que está com 74 anos, falou com naturalidade sobre seu hábito diário de consumir cannabis e ainda atestou: "Tenho uma memória incrível" Sem tabus...

Governo age para brecar liberação da maconha medicinal

Projeto de Lei que regulamenta venda de remédios e uso está parado na Câmara, enquanto Anvisa adiou votação de regulamentação do plantio revista para esta...

Pesquisadora defende regulamentação da Cannabis Medicinal: ‘Temos de saber o que o paciente está tomando’

Akemi alerta para o risco do uso do medicamento sem orientação Na próxima terça-feira, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) julgar se regulamenta...

Pedidos para maconha medicinal triplicam nos tribunais mineiros

O uso da maconha medicinal no tratamento de epilepsias, esclerose múltipla, dor neuropática e paralisia cerebral tem ganhado cada vez  mais força em Minas....