Home Cultura Literatura "Se der um bong ao urso", um livro (quase) infantil para adultos!

“Se der um bong ao urso”, um livro (quase) infantil para adultos!

Urso flutuando depois da bongada!

 “If you give a bear a bong” é inspirado em tradicionais livros infantis, mas é feito para adultos 

As coisas na gringa estão sempre mais à frente, não há dúvidas quanto a isso. Ao brasileiro comum, ao menos conseguimos viajar o mundo pelas telas da internet. E assim vamos achando as novidades mais inusitadas e criativas feitas por e para maconheiros.

Esses dias, encontrei esse livro aí da foto. Em uma olhada rápida, vendo o formato e as cores, podemos até pensar que se trata de um livro infantil. Mas olhando com um pouco de atenção (não precisa muita!) vai ver que esse urso é bem adulto.

Mesmo pra quem não entende nada de inglês, a palavra Bong no título está bem clara, né? Em tradução livre, o título do livro quer dizer: “Se você der um bong a um urso” e, em cada página, a obra vai mostrando o que o urso fará.

Se você der um google com o termo “If you give a”, o buscador completa com vários títulos possíveis. Isso porque essa expressão é comum em livros infantis norte-americanos. Nós brasileiros não conhecemos e pra gente talvez não seja tão significativo, mas pra quem é criado nos EUA, esse livro traz uma lembrança da infância e dos tempos de escola.

Mesmo se você nunca pensou em bongar com um urso, vale a pena a leitura. Ele provavelmente vai te fazer lembrar de algum amigo seu ou fazer você se identificar com a temática. O livro conta a história de um urso que bongou demais e acabou provando sensações boas a ruins, num curto espaço de tempo.

Sam Miserendino: a risadinha de quem subverteu o livro infantil

O autor

Esse é o segundo livro do autor, Sam Miserendino, que faz parte da série “Addicted Animals” (Animais Viciados). O primeiro título foi “If you give a bunny a beer” que em tradução livre seria “Se você der uma cerveja a um coelho”. A ideia para esses livros veio após ler milhares de vezes os livros infantis “if you give a….” para seus filhos. Foi aí que Sam se uniu ao ilustrador Mike Odum e criou o primeiro livro. Ele foi originalmente publicado por uma editora pequena em Seatle e, rapidamente, se tornou o livro mais vendido da história da empresa.

O segundo livro nasceu de uma brincadeira que foi publicada na contracapa do primeiro. Era um coelho bebendo cerveja na primeira página e, atrás, como se houvesse outro livro da coleção, o autor e o ilustrador tiveram a ideia de colocar o desenho do urso, com esse título, como se fosse um outro livro da série. O lance é que esse livro ainda nem existia! O coelho fez tanto sucesso que os leitores começaram a cobrar o livro do urso chapado e… sendo assim, o grande mamífero peludo, amigo urso, acabou tendo que encarar uma bongada.

Sam Miserendino atualmente é advogado durante o dia, escritor à noite e pai. Ele já escreveu mais dois livros para a série – “If you give a Kitty a cocktail” que está para ser lançado no começo de 2020 e “If you give a Dog a doobie”, programado para o fim do ano que vem.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos Posts

Tendência, “cheiro de maconha” (quem diria) conquista marcas de perfume

O apelo dos perfumes cheirando a maconha pode estar em sua capacidade de trazer lembranças “Cheirar a maconha” já foi algo ruim, mas agora influenciadores...

O que é Haxixe? Origem, tipos e como fazer…

Todo bom maconheiro já ouviu falar ou teve a honra de degustar um bom hash. Mas como sempre tem alguém na dúvida... vale abordar...

Maconha vira matéria na Faculdade de Veterinária da UFSC

A Endocanabiologia (estudo das substâncias orgânicas e inorgânicas da Cannabis) já entrou para o currículo da Faculdade de Medicina Veterinária da UFSC (Universidade Federal...

Canabidiol até em bala de goma: o que a febre do produto nos EUA nos ensina

Três letrinhas vêm ganhando as prateleiras e os cardápios de diversos lugares cool dos Estados Unidos há mais ou menos um ano: CBD, de...

Plataforma amplia conhecimento sobre o uso medicinal da maconha

Batizada de CanTera, a ferramenta é voltada sobretudo para médicos. Entre 400 mil profissionais no Brasil, apenas mil receitam o produto discussão em torno da...