Home Colunas Chapa2 Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

A vida do usuário de Cannabis no Brasil que ainda depende dos contatinhos pra se abastecer é assim, cedo ou tarde o fornecedor principal vai sair de cena. A selva de pedra não poupa ninguém.

por S. M. Hermes

Em algum dos meus últimos textos, mesmo havia falado sobre como a casa dos nossos dealers tem o costume do cair. Faz parte, é do jogo, não tem jeito — e não deu outra, mais um foi apanhado pelas garras da Lei. Já fazia mais de um ano e meio que eu vinha fazendo a mão com esse brother, também conhecido como Mohamed. Minha principal fonte de Colombian agora jaz seca.

Conforme meus experimentos como grower ainda não renderam frutos suficientes pro meu total sustento, já busquei uma solução no quesito fornecedor. Inclusive vão rolar umas flores uruguaias, mais precisamente a variedade denominada Pulsar, que é uma sativa. Glória a Deux! Mesmo assim, a tristeza de ver a galera se dando mal nessa caminhada não é nada legal,  bem pelo contrário.

Série nova, vida que segue

Modern Family enfim entrou na minha vida. Começamos a assistir a série na semana passada, agora é só alegria! E quem não gosta quando surge uma série antiga, porém nova, pra maratonar selvagemente?

Elenco de Modern Family

“Por quê? Porque é assim que as coisas acontecem. Porque na vida que levamos — não quero dizer a vida humana em geral, refiro-me à vida nesta época em particular e particularmente neste país — não fazemos as coisas que desejamos. Mesmo um trabalhador braçal ou um alfaiate judeu não está sempre a trabalhar. É porque existe algum demônio em nós que nos leva para lá e para cá, a ocupar-nos em intermináveis idiotices.” – George Orwell, em Um Pouco de Ar, Por Favor! (1939).

Agora vai! Espero eu…

Tudo e todos que me auxiliariam nos últimos tempos em relação ao cultivo me levaram a crer que o problema para meu plantio não vingar era o substrato. Depois de tantas tentativas e, analisando a situação com calma, quase não me restam mais dúvidas de que pode muito bem ser essa a questão.

Ontem mesmo já peguei duas sementes que haviam germinado e as coloquei no vaso. Dessa vez, usei um solo parecido com o que utilizei na minha primeira experiência grower. Fiz uma primeira camada de cascas secas de madeira, depois coloquei musgo esfagno, seguido de vermiculita e terra orgânica, dessas que se acha em supermercados.

Fontes: GauchaZH

 

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Ajude a bolar a nova identidade visual da ACUCA-SP!

ONG voltada a cultura canábica organiza concurso para nova identidade visual. Participe! Cultura Cannábica é um termo bastante amplo, que abrange todo conhecimento sobre os...

Anvisa adia decisão sobre maconha medicinal

Após dois pedidos de vista, regulamentação do uso do cannabis para tratamento médico provavelmente voltará a ser debatida em 15 dias BRASÍLIA — A decisão...

De saúde ao mundo dos negócios, a maconha é uma fábrica de notícias

Falamos da cannabis abordando diferentes aspectos: saúde, economia, segurança pública, cultura, história, esportes… por João Henriques / Ilustração: Felipe Navarro Antes de começar a leitura deste...

Nelson Motta revela que fuma maconha todos os dias há 55 anos

Jornalista, que está com 74 anos, falou com naturalidade sobre seu hábito diário de consumir cannabis e ainda atestou: "Tenho uma memória incrível" Sem tabus...

Governo age para brecar liberação da maconha medicinal

Projeto de Lei que regulamenta venda de remédios e uso está parado na Câmara, enquanto Anvisa adiou votação de regulamentação do plantio revista para esta...