Home Blog GanjaNews Ressecamento e reidratação da Maconha: o que você precisa saber!

Ressecamento e reidratação da Maconha: o que você precisa saber!

por Sônia Melone

Quando você enche seu potinho até a tampa ou deixa guardada por um tempo, provavelmente já deve ter percebido que gradualmente os “camarões” vão ressecando e quando você vai consumir (seja fumando ou infusão, por exemplo) não é a mesma coisa.

Depois de todo o processo que ela passa (desde plantio, colheita, curagem etc), os cuidados para o consumo dependem de você para que a flor fique no nível certo de hidratação facilitando a manipulação e na hora de bolar; preservar potência e aroma; melhorar o gosto e deixar um pouco mais gelado/frio ao fumar.

As duas principais precauções que você deve tomar que são: proteger de raios UV e oxigênio. THC é sensível ao calor e luz.
Sendo assim, para o armazenamento e preservação, é aconselhado:

1- Pote de vidro hermético (daqueles com tampa que contém uma borracha) que seja capaz de vedar bem a passagem de ar; quanto mais bem fechado, melhor. Você pode incrementar colocando nas paredes do pote papel cartão preto ou algo que evite a exposição à luz. Lembre-se também de limpar o pote e esterilizar.

2- Sacolas plásticas: quando é caso, eu junto as pontas de duas sacolas formando quatro camadas e amarro bem apertado. Ou pode colocar uma sacola dentro da outra.

3- Geladeira: recomendo fortemente a você fazer o teste! Hidrata sem deixar úmida demais, o gosto fica bom e geladinho. Tem quem feche o beck e guarde lá, é só pegar e acender.

Dica: Se você for sair e precisa levar pequenas quantidades mas não tem nenhum potinho (estilo MM’s) use o papel filme, papel bolha ou saquinho ziplock. Papel alumínio e papel não são recomendados pois resseca.

Faça o teste e observe qual melhor para suas cabeças.

E se ressecou, é simples: basta reidratar.
Idealmente, a cannabis armazena cerca de 50-62% de umidade relativa. Lembre-se: Reidratar a cannabis que já está pronta para uso é um processo delicado.

Usando água destilada:
Esse processo vai aumentando a umidade de forma lenta. Não é certeiro mas irá ajudar.

1- Encontre um recipiente que tenha tampa que seja grande suficiente para colocar a sacolinha com a quantidade que você quer reidratar e um papel toalha dobrado e úmido;

2- Molhe o papel toalha com a mínima quantidade de água destilada possível (o suficiente para molhar os poros do papel) para ter cerca de 70% de umidade. Não deixe que o papel toalha fique muito molhado senão pode levar ao mofo!

3- Coloque a cannabis dentro da sacolinha aberta e o papel toalha no recipiente previamente escolhido e lacre por 2 a 12 horas.

Tenha cuidado: quanto mais reidratar a flor, mais úmida e mais suscetível a mofo/bolo ela fica! Troque o papel toalha e limpe o recipiente entre as tentativas de hidratação. Além disso, esse método requer um monitoramento para manter a umidade no ponto certo.

Pacotes de controle de umidade:

A Boveda desenvolveu um pacote especificamente para consumidores de cannabis. O pacote de 62% de umidade relativa é pequeno, marrom, retangular e um pouco mole ao toque. O desing único do interior permite que a umidade atravesse livremente, umedecendo a quantidade escolhida ao longo do tempo.

Você vai saber quando trocar o pacote quando o mesmo perder a textura macia e ficar duro.

Umidificadores de Cannabis

Pode ser a opção mais extravagante mas umidificadores de cannabis, como a Cannador e Humidity Bead System, oferecem a melhor solução de longo prazo para controle de umidade. O umidificador é geralmente uma caixa que contém um higrômetro para monitorar a umidade relativa de forma precisa e adequada para a cannabis.

Fonte: Experiência própria e https://www.leafly.com/news/cannabis-101/how-to-moisten-dry-marijuana
https://cannador.com/articles/single/best-way-to-store-marijuana

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Dia Mundial do Alzheimer: tratamento com Cannabis Medicinal tem se mostrado eficaz para cuidados paliativos da doença

Apesar de ser uma doença sem cura, é possível diminuir o sofrimento do paciente e de seus familiares INDEOV, empresa brasileira especializada no acesso à...

Maconha sem Tabus: Vem aí 2º gibi do CannabiComix!

Ainda dá tempo de garantir sua cota no financiamento coletivo do lançamento do gibi "Maconha sem Tabus" Gibi é uma palavra que estreou no Brasil...

CDH deve decidir sobre maconha medicinal na próxima quinta

Com grande comparecimento de senadores, a expectativa era de análise do relatório sobre a sugestão, mas a elaboração de um novo relatório e um...

Alta Sacerdotisa: A arte de viajar entre Flores e Pedras

Cristais vem do coração da Terra, levam milhares de anos para se formar e, com isso, carregam mensagens e energias oriundas dos elementos naturais Esses...

Encontro com Fátima ganha elogios ao abordar maconha medicinal: “Chorando”

O Encontro com Fátima Bernardes abordou hoje, no começo do programa, o tema da maconha medicinal. A apresentadora trouxe para o palco o empresário...