Relato de Maya Angelou sobre primeiro baseado

Aspilão, Opinião

hempadao 27 julho, 2018

“De uma rigidez natural, eu me derreti na tolerância do sorriso. Andar pelas ruas tornou-se uma grande aventura, comer grandes jantares da minha mãe, um entretenimento opulento e brincar com meu absurdamente hilário. Pela primeira vez, a vida me divertiu.

Maya Angelou, poeta e escritora norte-americana
descrevendo sua primeira vez com maconha.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]