Home Colunas Chapa2 Rei Drogado

Rei Drogado

por S. M. Hermes

Reza a lenda que Shah Jahan, mandante da construção do Taj Mahal – que é o mausoléu de sua esposa favorita – ordenou que todos os artesãos da obra tivessem suas mãos cortadas e seus olhos cegados. Assim, de fato, aquele monumento seria exclusivamente único. Dito isso, meu ponto de vista aqui é o seguinte: que a insanidade da nossa raça, real e infelizmente, não parece ter nenhum limite.

Um ano depois de termos lido o livro, Ankova Ximbra e eu, finalmente começamos a olhar a série O Conto da Aia. Gostei de terem adaptado a época pros dias contemporâneos, mas também fiquei na vontade de ver conforme o ano em que a história se passa na obra escrita. Fico feliz em ter lido o livro antes de assistir a série, principalmente pra referência visual não interferir na minha imaginação, enquanto ela criava os cenários e os personagens apenas a partir da leitura.

***

Outro dia desses, escutando rádio enquanto voltava do almoço pro segundo tempo do trampo, o apresentador do programa falou que o outono era estação do ano preferida dele. Eu tenho por hábito e preferência não ranquear as coisas por posições. Tudo tem seu lado bom e seu lado ruim, cabe a nós captar e aproveitar o melhor de cada qual.

No verão, tem o horário de verão, que é genial — vivemos muito melhor quando em maior sintonia com o Astro Rei. A temperatura do outono é a mais agradável. O charme do inverno, apesar da melancolia, é inigualável. E a vida que transborda de acordo com chegada da primavera demonstra toda beleza e poder da Mãe Natureza.

***

Outro dia desses, fui comprar uns jornal que logo viriam a servir como banheiro pro Elton, meu filho canídeo, e acabei lendo uma reportagem/entrevista com um ex-gerente dos “Bala na Cara” — que é um dos grupos que luta pelo comando absoluto do tráfico de drogas na grande Porto Alegre há cerca de dez anos. Lembro de acompanhar em 2012 toda a treta que rolou entre o Xandi e o Teréu, dois traficantes integrantes dos “Manos” (quiçá extinto), grupo rival dos “Bala”.

Desde então os “Bala na Cara” ganharam cada vez mais território, e consequentemente, com o intuito de combate foi criada uma coligação entre alguns outros grupos da capital gaúcha, batizada de “Anti-Bala”. A guerra entre os grupos tem origens em 2016, tendo como principal característica a extrema violência, adotada por ambos os lados. Ao longo de 2016 e 2017 houveram, pelo menos, 16 casos de decapitações e esquartejamentos em Porto Alegre e região.

Não é nenhuma novidade que existem interesses por trás da Guerra às Drogas, assim como da não liberação, principalmente da Cannabis. Vivemos num castelo de cartas, montado de uma única maneira, apenas com um objetivo. Onde qualquer alteração, qualquer tentativa de mudança, implica em destruição e caos — logo tornando-se desinteressante pro Big Brother.

Fontes:

https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2015/05/como-os-traficantes-xandi-e-tereu-passaram-de-amigos-a-rivais-cj5vy6a411151xbj0j3wd8txe.html

https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2019/03/como-se-da-a-guerra-das-faccoes-pelo-trafico-de-drogas-em-porto-alegre-cjt8z7v1d03c201ujwemu34t8.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Atriz de ‘Game of Thrones” mostra caneta de maconha em vídeo ao vivo

Sophie Turner fazia uma live de boa, arrumando o cabelo, quando percebeu que seu objeto paloso estava em cena! A atriz Sophie Turner, de 23...

A Origem: de onde vem a Cannabis?

Cientistas encontram os indícios mais longínquos do local que deve ser considerado a origem da planta da cannabis Sempre se desconfiou que a maconha tenha...

“Se der um bong ao urso”, um livro (quase) infantil para adultos!

 “If you give a bear a bong” é inspirado em tradicionais livros infantis, mas é feito para adultos  As coisas na gringa estão sempre mais...

Estados Unidos tentam conter comércio de brindes de maconha

Lei permite transferir mas não vender droga, que é negociada junto com itens superfaturados Trinta minutos depois de eu ter feito a compra pela internet,...

Alexandre Garcia analisa decisão do STF sobre Sementes e lei de Drogas

O que fazer quando nossos formadores de opinião não sabem bem o que estão opinando? Acredito até que o Alexandre Garcia esteja do nosso lado...