Home Blog REeDUcaÇÃO Reduzindo danos do Ato de Fumar!

Reduzindo danos do Ato de Fumar! [REeDUcaÇÃO #18]

por Guilherme Storti

 

Salve, salve, [email protected] do meu Brasil.

Hoje vamos falar um pouco de alguns métodos que podem ajudar vocês a consumir o baseado de cada dia sem expor tanto à saúde a determinados riscos, pois ao contrário do que muitos falam por aí, consumir maconha faz mal sim, obviamente que em menor escala do que outras substâncias psicoativas, mas também não podemos menosprezar esses males, por menores que estes sejam.

Primeiramente é válido lembrar que não é recomendável utilizar qualquer tipo de papel para o consumo da erva, como [email protected] aqui devem saber, a seda é o tipo de papel mais aconselhável para se consumir a maconha. Outra coisa importante Reduzindo danos do Ato de Fumar! [REeDUcaÇÃO #18] a ser discutida nessa modalidade de uso é que muitos usuários (senão a grande maioria deles) bolam os seus baseados apenas com o papel e fumam. Ai vai uma dica: procurem sempre utilizar piteiras, filtros ou “maricas”, pois são pequenas composições que ajudam no processo de resfriamento da fumaça antes de ser ingerida para o seu corpo, isso faz com que essa fumaça seja menos agressiva ao seu organismo, pois lembrem-se sempre que quanto mais resfriada a fumaça for, menos males ela causará a sua saúde.

 

Outro fator importante nesse aspecto é o processo de “amarelamento” dos dedos que estão em contato com o baseado, principalmente quando os mesmos estão já perto da ponta/bagana. O contato com a resina e alcatrão ali acumulados faz com que nossos dedos futuramente possa nos complicar em alguma situação com a família, ou até mesmo com a lei (em casos de policiais despreparados que abusam de suas autoridades com usuá[email protected] de drogas). Isso sem falar também nas eventuais queimaduras que acontecem na região dos dedos em função da proximidade com a brasa ou em tentativas de acender as pontas/baganas.

É importante lembrar que usando desses artifícios também podem ser evitadas queimaduras nos lábios, pois mesmo que acidentalmente muitas vezes acabamos por queimar nossas bocas também em função da proximidade com a brasa ou então numa eventual tentativa de se acender uma ponta/bagana.

Reduzindo danos do Ato de Fumar! [REeDUcaÇÃO #18] Para fazer uma piteira é bem simples e a mesma pode ser feita até mesmo com um pedaço da embalagem da seda ou pedaços de cartões. Segue a dica: sempre guardem os cartões que as pessoas te dão, pense que futuramente aqueles cartões lhes servirão como ótimas piteiras. Mas também é necessário que se atentem para no final do baseado a brasa não começar a queimar o papel e você começar a ingerir o monóxido de carbono desse material, que sem dúvida alguma é mais agressivo ao seu organismo em função da textura daquele tipo de papel.

Essas alternativas de Redução de Danos são válidas especialmente por sabermos que nem [email protected] @s usuá[email protected] têm acesso a vaporizadores, bongs, pipes e narguilés, que são ferramentas que auxiliam bastante na Redução de Danos relativos ao uso da maconha mas que necessitam de certo poder aquisitivo para acessá-los e também de um diálogo bastante aberto dentro de suas casas, pois são equipamentos que geralmente chamam atenção.

Grande abraço à [email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Tá ruim pra malandro

Grande parte do cenário político mundial ainda é muito conturbado e totalmente desfavorável ao uso de Cannabis, seja pra qualquer finaldade que for. E...

Cofre high tech de maconha ganha prêmio apesar de censura

Além de ser a maior feira de tecnologia do mundo, a Consumer Electronics Show (CES) distribui premiações para inovações tecnológicas todos os anos. Os...

Em 2020, a Indústria legal de maconha vai desaguar no Mainstream

A indústria da cannabis legal já é uma realidade. Até pouco mais de um ano atrás, o pequeno Uruguai deixou de ser uma exceção...

Você pode fumar maconha enquanto toma antibiótico?

Sabemos que não devemos consumir álcool enquanto estamos tomando antibiótico. Mas e a maconha? Aqui está o que dizem especialistas no assunto. Algumas coisas não...

O que realmente mudou no mercado de drogas no Uruguai após a legalização da maconha?

Seis anos após a aprovação da lei que chamou a atenção internacional em dezembro de 2013, o país sul-americano apresenta resultados ambíguos sobre o...