Home Notícias Tecnologia Profissionais de TI usam cada vez mais drogas

Profissionais de TI usam cada vez mais drogas

As substâncias seriam empregadas para aliviar o estresse provocado pela pressão no trabalho

Em todos os campos profissionais nos EUA, o vício em substâncias pode afetar qualquer pessoa. Porém, alguns setores específicos correm mais riscos do que outros? Além disso, algumas profissões podem exigir demandas físicas extenuantes. No entanto, parece que o abuso de substâncias transcende a indústrias tipicamente operárias. Para tentar responder a questão foi feita uma pesquisa nos Estados Unidos com profissionais de Tecnologia da Informação. Portanto, p Profissionais de TI usam cada vez mais drogas ilícitas.

Fonte: SempreUpdate

A Detox.net, uma subsidiária da America Addiction Centers, examinou os dados sobre abuso de drogas em San Diego, Califórnia. Esses dados vieram da Pesquisa Nacional sobre Uso de Drogas e Saúde em 2018, que encontrou padrões recorrentes em indústrias específicas em toda a América do Norte.

Abuso de drogas x Tipo de emprego

A apuração dos dados sugere que as questões estão intimamente ligadas às correlações entre o abuso de substâncias e o tipo de emprego.

Um em cada cinco funcionários da US Tech abusam de medicamentos para alívio da dor, revela estudo zdnet

Em todos os setores nos EUA, quase um em cada 10 (8,76%) de todos os funcionários admite o uso de drogas ilícitas. No entanto, mais de 1 em 10 (11,4 por cento) dos trabalhadores da indústria de tecnologia da informação admitem ter feito isso.

Quando discriminado por tipo de substância, o uso de maconha é particularmente alto em todos os setores, com uma média de 53,1% no total. Isso sugere que o consumo de cannabis não está necessariamente associado a tipos específicos de emprego. Contudo tem um efeito muito mais amplo sobre a força de trabalho dos EUA em geral.

Quase três em cada cinco (58,01%) dos trabalhadores da indústria de tecnologia da informação usaram cannabis. Este valor é bem acima da média nacional. Isso não é tão alto quanto o número relatado na indústria da construção. Esses trabalhadores têm o maior uso relatado em 60%, ou seja, dois em cada três funcionários.

Um em cada cinco funcionários da US Tech abusam de medicamentos para alívio da dor, revela estudo zdnet

O desdobramento também descobriu que 10,67% de todos os funcionários dos EUA foram classificados com algum transtorno. Tudo por uso de substâncias. Em todo o setor de TI, esse número é de 10,34%. Quase um em 10, ou 8,64 por cento, dos trabalhadores da indústria de TI admitem ser bebedores compulsivos.

Profissionais de TI usam cada vez mais drogas ilícitas

“É claro que nenhuma indústria está isenta das lutas do vício em substâncias. No entanto, se o seu campo de trabalho é mais propenso ao abuso de drogas e álcool, é de vital importância reconhecer os gatilhos de estresse para evitar cair na armadilha do vício.”

Fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Até tu, Dudu? Filho de Bolsonaro apoia liberação do Canabidiol

Candidato a embaixada brasileira em Washington, Eduardo Bolsonaro defende importação livre de medicamentos produzidos nos EUA por Cadu Oliveira / Ilustração Felipe Navarro* Agora que a...

O Assunto #16: Maconha medicinal – quem é beneficiado e quem pode cultivar no Brasil?

Renata Lo Prete conversa com André Resende, do G1 Paraíba, que visitou a única associação do Brasil que tem autorização para cultivar a planta....

Realidade Canábica

Na verdade, são algumas realidades. E, conforme o tempo passa, o uso da popular maconha vem sendo desmistificado, mesmo que lentamente. Mas ainda assim,...

Doença ligada a cigarros eletrônicos já matou seis pessoas nos EUA

O primeiro relato da doença misteriosa surgiu em abril, no Estado de Illinois; logo, médicos de todo o país começaram a descrever pacientes com...

I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico da cannabis ocorre na próxima terça-feira, 17

Desde 2015 o número de pacientes cadastrados para a importação do canabidiol triplicou no Brasil. O I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico e legislação...