Home Notícias Ciência Por que algumas pessoas ficam paranoicas quando fumam maconha?

Por que algumas pessoas ficam paranoicas quando fumam maconha?

Amaconha pode afetar pessoas de maneiras totalmente diferentes: enquanto algumas relatam uma sensação de alegria, outras se sentem paranoicas e ansiosas. O motivo para isso não está claro, mas uma pesquisa publicada na Scientific Reports pode ajudar a explicar essas diferença.

Fonte: Galileu

Realizado com ratos de laboratório, o estudo analisou uma região-alvo no cérebro de ratos que “parece controlar de forma independente as propriedades compensadoras e viciantes da maconha contra os efeitos colaterais psiquiátricos negativos associados ao seu uso”, escreveu Steven Laviolette, professor da Escola Schulich de Medicina e Odontologia da Western, em um comunicado.

O cérebro inteiro contém receptores para o tetraidrocanabinol (THC) — o componente psicoativo da maconha — mas é necessário entender exatamente onde o químico interage  para saber como a pessoa se sentirá. Pesquisadores inseriram THC em ratos e registraram suas respostas comportamentais e elétricas em uma parte do cérebro conhecida como núcleo accumbens, região complexa responsável pelo “comportamento de recompensa”, ou seja, boas sensações.

Quando o THC responde à parte frontal desta região do cérebro, produz efeitos altamente recompensadores e aumenta a dependência. No entanto, quando o THC interage na área posterior do núcleo accumbens, os sintomas são os opostos e semelhantes à esquizofrenia.

Cannabis; maconha (Foto: Flickr/Martijn/Creative Commons)Apesar de o estudo ter sido feito apenas em ratos, os pesquisadores observam que isso poderia ajudar a explicar como e por que certas pessoas respondem de maneira diferente aos efeitos da maconha. “Essas descobertas são importantes porque sugerem que algumas pessoas têm uma experiência muito positiva com a maconha, enquanto outras têm uma experiência muito negativa”, disse outro autor do estudo, Christopher Norris. “Nossos dados indicam que, como a recompensa e a aversão são produzidas por áreas anatomicamente distintas, os diferentes efeitos entre os indivíduos provavelmente se devem à variação genética que leva à sensibilidade diferencial de cada área.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Fabricação e venda de derivados da cannabis entram em vigor no país

Entra em vigor hoje a resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que regulamenta a fabricação, importação e comercialização de produtos derivados da...

“Maconha é coisa de velho”, diz Fernando Henrique Cardoso

No Brasil só não enxerga o que acontece quem não quer. A maconha ou as drogas mais pesadas não estão apenas na favela, mas...

Alerj aprova pesquisa e cultivo da maconha medicinal no Rio

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou a realização de pesquisa e cultivo científico da maconha por associações de pacientes. A votação,...

10 universidades pelo mundo que oferecem cursos focados em maconha

A maconha medicinal vem ganhando espaço em diversos lugares do mundo. De olho nisso, algumas universidades estão buscando capacitar seus estudantes para trabalhar no...

Se eu quiser fumar, eu fumo

Dizem por aí que coisa alguma acontece por acaso. Aliás, que o próprio acaso é algo irreal — mesmo que nós ainda não sejamos...