O imediatismo humano e seu afastamento da Natureza

Chapa2

hempadao 16 novembro, 2018

por S. M. Hermes

Na última oportunidade escrevi sobre os meios de transporte, sobre dirigir, sobre nossas peculiares escolhas, enfim. No final de semana, dando uma volta pela Rota Romântica (que fica aqui na serra gaúcha), acabamos indo à Santa Maria do Herval. Devido ao seu maior afastamento dos grandes centros, é possível interagir e apreciar de uma forma mais adequada e merecedora a Natureza, como por exemplo, adentrando os vales e tomando um banho de cachoeira no berço e no âmago das montanhas e da floresta. Porém, pra chegar até a Caverna dos Bugres, lugar onde se encontra essa dita cachoeira, basicamente toda a estrada já é asfaltada — é a humanidade “progredindo”.

linda-cascata-em-santa

Desde a sua mais tenra infância, a humanidade busca novos horizontes, novas descobertas, novos hábitos, com a intenção de chegar sabe-se lá onde. Acredito que, cada vez mais enquanto sociedade, estamos nos afastando da força motriz responsável pela nossa própria criação, assim como por tudo aquilo que nos conecta com a nossa essência. Com certeza isso não é nenhuma novidade, basta uma breve análise de nós mesmos, de tudo que nos cerca e de tudo que nos tem sido essencial — existem indícios e provas concretas em todos esses “lugares”. A vida na cidade grande é, e pode ser, tão nociva pros indivíduos quanto é para a fauna e pra flora que antes ali habitavam.

***

O grande mal do século, a ansiedade, se tornou um nicho de mercado, como todas ideias consideradas relevantes hoje em dia: as que tem o potencial do lucro e da industrialização. De fato o movimento da vida dentro da sociedade nos faz parecer que estamos sempre correndo contra o tempo — buscando o inatingível, e alcançando o inevitável.

Nada é por acaso, nem mesmo o atual estado de calamidade em que encontra-se o planeta Terra e todos seu habitantes – que é provavelmente devido a “saída de Adão e Eva do paraíso” milhares de anos atrás. Ainda assim, com todos os percalços, todos os julgamentos e críticas negativas, todos os genocídios ocorridos ao longo desses milhares de anos, existem aqueles que vivem, ou que tentam, de acordo com nossos mais remotos ancestrais: em total contato, sintonia e dependência da Força Maior. Louvados sejam!

***

Devido a mudanças que estão acontecendo na minha vida, interrompi o cultivo de Cannabis iniciado esse ano. Seria impossível dar a atenção adequada e necessária pro pleno desenvolvimento das plantas, mas conforme são mudanças para melhor, essa espera tem sido uma positiva experiência de degustação quanto aos futuros frutos.

“Já os batalhadores, enquanto vão ostensivamente criando uma frase após a outra com a eficiência possível, podem na realidade estar derrubando cercas e portas aparentes, abrindo caminho entre aparentes obstáculos de arame farpado, sob fogo e numa atmosfera de gás mostarda, em busca de respostas para estas perguntas eternas: ‘O que é que deveríamos estar fazendo? O que é que realmente está acontecendo?’” – Kurt Vonnegut, em Timequake (1996).



4 respostas para “O imediatismo humano e seu afastamento da Natureza”

  1. Avatar black mass disse:

    Touche. Sound arguments. Keep up the great work.

  2. It’s an remarkable article designed for all the web viewers; they will take benefit from it I am sure.

  3. Avatar g rsacwgxy disse:

    Wonderful blog you have here but I was curious about if you knew of any forums that cover the
    same topics discussed here? I’d really love to be a part
    of community where I can get suggestions from other knowledgeable individuals
    that share the same interest. If you have any recommendations,
    please let me know. Appreciate it!

  4. Avatar g if disse:

    I enjoy what you guys are usually up too. Such
    clever work and exposure! Keep up the great works guys I’ve included you
    guys to my blogroll.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]