Home Cultura Música Marcelo D2 anuncia produção de álbum do Planet Hemp na Bahia

Marcelo D2 anuncia produção de álbum do Planet Hemp na Bahia

O grupo se apresenta na Concha Acústica, em Salvador, neste domingo (14)

O rapper e vocalista do Planet Hemp, Marcelo D2, anunciou que vai produzir um álbum na Bahia. “Vamos passar uns 10 dias. Vamos produzir esse disco. Nós temos grandes amigos aí. A gente quer usar um pouco desses tambores, desse axé”, revelou o artista brasileiro em entrevista à Rádio Metrópole, durante o programa Jornal da Cidade, nesta sexta-feira (12).

por Adelia Felix,
no Metro1

Outros assuntos também foram tratados durante a conversa. Na oportunidade, o artista criticou a declaração do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que tentou defender sua indicação à Embaixada do Brasil nos EUA declarando que já fez intercâmbio e que chegou a fritar muito hambúrguer em meio ao frio. Ele também defendeu um debate mais inteligente sobre a legalização da maconha e comentou sua relação com haters nas mídias sociais.

– O Planet Hemp se apresenta na Concha Acústica, em Salvador, neste domingo (14), às 17h. Os ingressos variam entre R$ 50 e R$ 200, e podem ser adquiridos na bilheteria do local, SACs do Shopping Barra e Shopping Bela Vista ou pelo site Ingresso Rápido.

 

D2 sobre indicação do filho de Bolsonaro:

O rapper e vocalista da Planet Hemp, Marcelo D2, criticou a declaração do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que tentou defender sua indicação à Embaixada do Brasil nos EUA, declarando que já fez intercâmbio e que chegou a fritar muito hambúrguer em meio ao frio.

“Chega a ser meio ridículo. As pessoas estão votando pior do que votaram. A gente tem que repensar muito o que a gente quer para o futuro”, disse o artista brasileiro em entrevista à Rádio Metrópole, durante o programa Jornal da Cidade, nesta sexta-feira (12).

Na conversa, D2 também disse que não quer “agradar essa elite, essa classe privilegiada, que não quer abrir mão de seus privilégios”.

Ainda em entrevista, o rapper falou sobre sua relação com haters nas mídias sociais. “Nunca é bom abir uma rede social tua e ler tomara que teu filho pegue Aids, tomara que tua mãe tome um tiro na cabeça. Na época das eleições, me ameaçaram de morte. Eu tento manter minha calma”, contou.

Na oportunidade, o artista brasileiro defendeu uma discussão mais inteligente sobre a legalização da macanha do Brasil. “No Brasil, a gente tem tendência a seguir os gringos. Não tem mais por que proibir. É ridícula essa proibição da maconha. É uma questão de quando e não mais de se vai ser legalizada no Brasil”.

E, continua: “Você acha que quem gosta de cerveja, gostaria que fosse ilegal? Você acha que quem gosta de tabaco, gostaria que fosse ilegal? A ilegalidade só prejudica. A gente vive em um mundo tão hipócrita que não tem uma discussão sobre isso. Sempre baseado em religião. Uma hipocrisia do caramba”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Será difícil impedir a legalização do plantio de maconha

Está na mira do agronegócio e liberação para remédio é brecha A decisão da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de liberar produtos à base de...

Só digo uma coisa: não digo nada

E digo mais: só digo isso. Em termos de comédia, realmente tem sido bastante complicado concorrer com a realidade, vide 50 mil anos atrás....

Osmar Terra defende realização de plebiscito sobre legalização da maconha

Ministro da Cidadania diz que sociedade "tem de ser ouvida" O ministro da Cidadania, Osmar Terra, defendeu neste sábado (7), em Porto Alegre, a realização de um...

Anvisa rejeita cultivo de maconha para fins medicinais no Brasil

Por 3 votos a 1, proposta foi arquivada pela agência reguladora. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) rejeitou nesta terça-feira (3) o cultivo de...

Verdinha de Ludmilla faz sucesso na Web!

Mais de 3 milhões de plays em quatro dias de publicação: Verdinha de Mc Ludmilla faz sucesso no YouTube A Mc do funk Ludmilla lançou...