Home Colunas Hemportagem Maconha legalizada reduz a violência nos EUA

Maconha legalizada reduz a violência nos EUA

Apesar de recente e limitada a meia dúzia de estados, a legalização da maconha já promove efeitos de paz nos Estados Unidos. Nos estados da fronteira com o México que adotaram medidas de legalização do uso medicinal e/ou recreativo os índices de crimes violentos reduziram, em média, 13%.

O fim do monopólio do narcotráfico no comércio de maconha estabeleceu um ambiente de negócios mais pacífico, já que não é mais necessário pegar em armas para plantar ou vender cannabis. A legislação legalized vem impulsionando o cultivo dentro dos Estados Unidos e aquecendo um mercado que, no período da proibição, era muito dependente do México.

“Esses produtores estão em concorrência direta com os cartéis de drogas mexicanos que contrabandeiam maconha aos EUA. Como resultado, os cartéis perderam negócios,” observou a economista Evelina Gavrilova, coautora do estudo.

Gavrilova, em parceria com os pesquisadores Takuma Kamada e Floris Zoutman, estudou as estatísticas de crimes e registros de homicídio computados pelo FBI de 1994 a 2012. Eles descobriram que uma mudança nas leis de drogas dos EUA criou o resultado positivo mais notável na Califórnia, com uma redução de 15% nos índices de violência.

“Quando o efeito sobre o crime é tão significativo, obviamente é melhor regulamentar a maconha e permitir que as pessoas paguem impostos sobre isso, em vez de torná-la ilegal. É incontestável que a droga deve ser legal e regulamentada, com os resultados indo para o Tesouro”, acrescentou Evelina Gavrilova.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Realidade Canábica

Na verdade, são algumas realidades. E, conforme o tempo passa, o uso da popular maconha vem sendo desmistificado, mesmo que lentamente. Mas ainda assim,...

Doença ligada a cigarros eletrônicos já matou seis pessoas nos EUA

O primeiro relato da doença misteriosa surgiu em abril, no Estado de Illinois; logo, médicos de todo o país começaram a descrever pacientes com...

I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico da cannabis ocorre na próxima terça-feira, 17

Desde 2015 o número de pacientes cadastrados para a importação do canabidiol triplicou no Brasil. O I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico e legislação...

Ministro da Saúde não se opõe à liberação do canabidiol no Brasil

Mandetta afirma que não se opõe a projeto que esvazia funções da Anvisa na liberação de medicamentos O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, nesta...

Eduardo Bolsonaro começa a apoiar projeto que “libera” canabidiol

Além do "filho 03", outros aliados do governo já defenderam o uso do óleo; proposta contraria a posição do governo em relação à maconha...