Maconha é: o remédio que fez ele deixar de ter uma convulsão a cada dez minutos

Medicinal

hempadao 5 novembro, 2019

Linda série produzida pela Nav Reportagens em parceria com Yahoo Notícias

Seria um processo técnico

O voto do diretor-presidente William Dib foi longo, emocionado e favorável. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) discute o assunto há pelo menos cinco anos, depois que a família da menina Anny Fischer conseguiu autorização na Justiça para fazer a importação do óleo composto de Cannabis para o tratamento dos sintomas de um tipo raro de epilepsia.

Entretanto, após o voto de Dib na última reunião de diretores da agência para deliberar sobre a regulamentação, realizada no último dia 15 de outubro, os diretores Fernando Mendes e Antonio Barra Torres não hesitaram em pedir vistas assim que tiveram a oportunidade. O primeiro levantou questionamentos sobre o texto que diz respeito ao registros dos produtos. O segundo, o médico militar e contra-almirante da Marinha indicado pelo atual governo, levantou questões de segurança no cultivo da planta para fins de pesquisa para o uso medicinal.

Pacientes de doenças raras como a Síndrome CDKL5 de Anny, e de outras bem mais comuns, como a Esclerose Múltipla, Alzheimer e Parkinson podem ser tratados com os diferentes tipos de produtos fitoterápicos canabinóides e poderiam se beneficiar com a eventual decisão, que abriria as portas do país para a importação dos medicamentos, ou ainda para a chegada de empresas estrangeiras especializadas no cultivo e na produção dos remédios.

Atualmente o custo dos medicamentos importados para o Brasil gira entre de 35 a 450 dólares segundo Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr.Cannabis, startup brasileira que faz a ponte entre pacientes, médicos prescritores e fornecedores internacionais de medicamentos. O frasco do remédio utilizado pelo paciente Victor Martins, acompanhado pela reportagem no vídeo acima, custa aproximadamente US$ 250,00, fora o frete, que gira em torno de US$ 120,00. Na dosagem atual prescrita para o tratamento, um frasco dura 20 dias.

A produção no Brasil implicaria, em tese, em uma redução de custos para pacientes e para o sistema público de Saúde.

“A não ser que fique como a Anvisa estava querendo”, afirma o neurocirurgião Pedro Pierro, médico que passou a prescrever medicamentos à base Cannabis nos últimos anos. É mais fácil trabalhar com plutônio do que com plantação de cannabis. Parece um bunker, tudo fechado, duas portas, iluminação artificial, ventilação artificial. Produzir cannabis no Brasil e na Finlândia seria a mesma coisa.”

A visão coincide com a de Sedola, da Dr. Cannabis: “A gente está no Brasil, a gente tem solo, luz, tem todos os benefícios, e a gente vai ter que criar uma caixinha que elimina a maioria desses benefícios e encarece a produção de forma que provavelmente o cultivo no Brasil não vai ser economicamente viável ou competitivo”.

Pacientes de doenças raras como a Síndrome CDKL5 de Anny, e de outras bem mais comuns, como a Esclerose Múltipla, Alzheimer e Parkinson podem ser tratados com os diferentes tipos de produtos fitoterápicos canabinóides (NAV Reportagens)

Pacientes de doenças raras como a Síndrome CDKL5 de Anny, e de outras bem mais comuns, como a Esclerose Múltipla, Alzheimer e Parkinson podem ser tratados com os diferentes tipos de produtos fitoterápicos canabinóides (NAV Reportagens)

A preocupação com a segurança dos locais de cultivo e plantio é compreensível em um país que há pelo menos um século não vê outra maneira de tratar a planta, a não ser como “caso de polícia”. Administrar o cultivo e uso de Cannabis parece ser o grande paradigma de um Estado que não abre os olhos para o uso terapêutico dos canabinoides e não enfrenta a planta – e nenhuma outra droga ilícita – como assunto de Saúde pública.

“Se essa proposta não é segura, então qual é? Como que é seguro em outros países e está sendo utilizado em vários países e não se questiona a necessidade de utilizar? Alguém tem que produzir, e se alguém tem que produzir, quais são as condições necessárias?”, questiona Leon Garcia psiquiatra e ex-diretor da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, órgão que integra o Ministério da Justiça, entre 2013 e 2016.

“Já é uma proposta muito cautelosa, com muitas críticas”, avalia. “ Tem gente que acha que é cauteloso demais, ou que os custos são muito elevados, o que levaria a uma exclusividade da produção industrial e no caso da Cannabis há uma tradição se formando de gente que tem o cultivo em casa, e a resolução da Anvisa não prevê isso”.

“Caminho sem volta”

Katiele e Margarete se abraçam; a luta delas está registrada em documentário (NAV Reportagens)

Katiele e Margarete se abraçam; a luta delas está registrada em documentário (NAV Reportagens)

O documentário “Ilegal – A Vida não Espera” (2014) transformou a luta da família de Anny Fischer no pontapé inicial do debate sobre a necessidade de regulamentação da Cannabis medicinal no país. Cinco anos depois, 46 pacientes possuem Habeas Corpus autorizando o cultivo caseiro e individual de Cannabis para uso medicinal, prática que não contemplada pela iniciativa proposta pela Anvisa.

“Esse filme foi importante para Abrir o debate não só pro uso medicinal, mas para a questão da guerra às drogas, as pessoas estão cada dia mais se conscientizando que a mesma proibição que tira o remédio das nossas crianças é a proibição que causa guerra às drogas, que mata gente inocente, que prende cultivadores”, afirma Margarete Brito, mãe de Sofia, paciente que sofre da mesma Síndrome CDKL5 de Anny, e cuja história compôs o mesmo documentário.

A militância de mães como Margarete é uma das principais frentes na luta pelo direito ao cultivo e pela regulamentação dos medicamentos à base de Cannabis. A atuação resultou na formação da Associação de Apoio à Pesquisa e Pacientes de Cannabis Medicinal (Apepi), e em um auto-cultivo em sua própria residência, no bairro da Urca, no Rio de Janeiro.

Margarete Brito é mãe de Sofia, paciente que sofre da Síndrome CDKL5 (NAV Reportagens)

Margarete Brito é mãe de Sofia, paciente que sofre da Síndrome CDKL5 (NAV Reportagens)

“Quando a gente lá na associação distribui plantas pras pessoas, a gente diz assim: olha, você tem que acreditar que o que você está fazendo não é errado, porque se chegar um policial você tem que convencê-lo de que o que você está fazendo não é crime, que o que você está fazendo é legítimo. Eu acho que é um caminho que não tem mais volta.”

AFINAL, MACONHA É PLANTA OU DROGA? ASSISTA:

Maconha é: planta ou droga?

Afinal, a maconha é… … uma planta que Adriana Patrão cultiva como remédio, com muito trabalho e em sua casa, com um habeas corpus. É algo que não chegou no Brasil há pouco tempo e também é objeto de estudo do professor Jean Marcel Carvalho França, autor do livro História da Maconha no Brasil. Para entender o que é a maconha, se planta, se droga, se remédio, somente mergulhando na história da Cannabis e de seus diversos usos. Pronta para movimentar um comércio milionário, a maconha ainda enfrenta o preconceito e tenta iniciar um debate do uso recreativo em um país que não a aceitou sequer como remédio até o momento. A reportagem é uma parceria do Yahoo Notícias com a NAV Reportagens.

Sob nova direção

De volta à Anvisa, em dezembro os mandatos dos diretor Renato Alencar Porto e William Dib chegam ao final, o que implica que o governo indicará mais dois membros para compor a mesa diretora da agência. Para Leon Garcia, os pedidos de vista na proposição são entendidos como uma estratégia para adiar a votação do tema e retomar o debate com uma “maioria ideológica” na nova composição de mesa diretora, já que o governo deve priorizar, como critério para a escolha, a posição que um novo possível diretor possa ter na discussão.

Para Leon Garcia o lado ideológico vai falar mais alto nas votação que se seguirem aos pedidos de vista em processos relativos à maconha (NAV Reportagens)

Para Leon Garcia o lado ideológico vai falar mais alto nas votação que se seguirem aos pedidos de vista em processos relativos à maconha (NAV Reportagens)

“O argumento do governo é pura e simplesmente ser contra qualquer discussão que envolva mudar a imagem que tem a Cannabis na sociedade brasileira. Que além de ser vista como uma substância que tem uso recreativo, e que pode levar a prejuízos em função do uso recreativo,ela também possa ser vista como uma substância que tem uso medicinal, e que portanto precisa ser produzida legalmente para que se amplie a pesquisa científica sobre ela”, afirma Garcia. “Se para isso tiver que se prejudicar o acesso à medicação de crianças que têm epilepsia, parece que, para esse governo, é um preço justo a se pagar”.

A Anvisa tem atualmente mais de 9 mil solicitações para importação de medicamentos à base de Cannabis segundo médicos e pacientes.

Proibir não resolve: as pessoas vão usar

O Terceiro Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas Pela População Brasileira, coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), primeiro estudo sobre consumo de drogas com abrangência nacional, mostrou que 7,7% dos brasileiros entre 12 e 65 anos já consumiram maconha ao menos uma vez na vida. Ou seja, mais de 16 milhões de pessoas já fizeram uso da cannabis no país.

O estudo ouviu 17 mil pessoas em todo o país entre maio e outubro de 2015 e mostrou que nos 12 meses anteriores à pesquisa, 3,2% dos entrevistados fizeram uso de alguma droga ilícita.

Fato é que, independente da proibição, a população usa e tem acesso a substâncias ilegais. Por causa da falta de regulamentação, a qualidade em geral é péssima. A maconha prensada, forma de apresentação predominante consumida no Brasil e proveniente principalmente do Paraguai, é produzida, armazenada, embalada e transportada em péssimas condições. Não faltam relatos de pedaços de outras plantas, galhos, sementes, mofo e até partes de insetos encontradas na maconha prensada.

Muitos usuários encontram no cultivo ilegal caseiro um caminho para fugir da má qualidade e do tráfico.

Growroom: os pioneiros na briga pelo plantio caseiro

Não é possível falar em cultivo de maconha no Brasil sem passar pelo nome Growroom. O fórum fundado em 2002 pelo designer carioca William Lantelme hoje tem mais de 120 mil cadastrados e 15 mil acessos diários. Entre dicas de plantio, auxílio jurídico e troca de experiências, foi por lá que os usuários começaram a se organizar para brigar pelo direito de plantar Cannabis e de onde surgiram as primeiras movimentações para a organização da Marcha da Maconha, além da primeira revista canábica do país.

Hoje o Growroom, que começou como uma experiência na internet antes da existência das redes sociais, cresceu, virou site e produz conteúdo próprio, como o e-book Guia de Cultivo, além de ter uma escola de cultivo online com mais de 500 alunos inscritos no primeiro ano de existência. Ele não arrisca chutar o número de cultivadores que existem no Brasil, mas vê no total de alunos um indicativo de que as pessoas estão buscando conhecimento para ter acesso a uma maconha de melhor qualidade: “Isso mostra como as pessoas querem cultivar e deixar de fumar prensado. Ao cultivar, além de ter uma maconha de melhor qualidade, você ainda economiza porque deixa de comprar com gente que cobra caríssimo por maconha de qualidade em uma cidade como São Paulo.”

Lantelme mora hoje no Uruguai, país da América do Sul que legalizou o cultivo e consumo recreativo e tem as leis mais permissivas sobre cannabis na região. Ele vê com preocupação a divisão da luta pela regulamentação da cannabis se dividir entre medicinal e uso adulto e acredita que o melhor caminho é buscar a legalização de ambos: “Quando a gente entra nesse discurso da cannabis medicinal a gente cai numa armadilha que é dar todos os argumentos pra essa indústria (farmacêutica) falar que um remédio tem que ser feito dentro de um padrão e que o você faz não é seguro”.

Atualmente o custo dos medicamentos importados para o Brasil gira entre de 35 a 450 dólares segundo Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr.Cannabis, startup brasileira que faz a ponte entre pacientes, médicos prescritores e fornecedores internacionais de medicamentos (NAV Reportagens)

Atualmente o custo dos medicamentos importados para o Brasil gira entre de 35 a 450 dólares segundo Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr.Cannabis, startup brasileira que faz a ponte entre pacientes, médicos prescritores e fornecedores internacionais de medicamentos (NAV Reportagens)
William teme também a possibilidade de perseguição às associações de cultivadores e usuários que já existem no Brasil: “Eu tenho muito medo de que essas empresas façam cada vez mais pressão nas autoridades para falarem: agora que existe uma regulamentação para se comprar o remédio na farmácia, não existe mais motivo para existirem essas associações, para existirem cultivos caseiros e ocorrer uma grande operação para punir quem estiver ameaçando o mercado deles”.

Sobre o uso adulto, William acredita que o Brasil tem condições de regulamentar o mercado como acontece com o álcool e o tabaco, informando a população e evitando que crianças tenham acesso à droga: “com certeza a gente tem capacidade pra ter um mercado regulamentado como o do tabaco, que teve uma campanha que foi modelo para o mundo todo e que teve resultados excelentes baseados na educação.” referindo-se à campanha antitabagista que a partir de 2002 proibiu propaganda de cigarros e patrocínio de eventos pela indústria tabagista.



57 respostas para “Maconha é: o remédio que fez ele deixar de ter uma convulsão a cada dez minutos”

  1. Hi there! I could have sworn I’ve visited your blog before but after browsing through many of the posts I realized it’s new to me. Anyways, I’m definitely happy I found it and I’ll be book-marking it and checking back frequently.

  2. Avatar lassie kino disse:

    Thanks for expressing your ideas. I might also like to convey that video games have been actually evolving. Modern tools and innovative developments have assisted create sensible and fun games. These kind of entertainment games were not actually sensible when the actual concept was first being tried out. Just like other areas of electronics, video games also have had to advance by way of many ages. This is testimony to the fast development of video games.

  3. Avatar rune server disse:

    Can I simply say what a relief to find somebody that genuinely understands what they are talking about online. You actually understand how to bring a problem to light and make it important. A lot more people should look at this and understand this side of your story. It’s surprising you’re not more popular because you certainly have the gift.

  4. When I initially left a comment I seem to have clicked the -Notify me when new comments are added- checkbox and now whenever a comment is added I recieve four emails with the exact same comment. There has to be a means you can remove me from that service? Thanks.

  5. Great article. I will be facing many of these issues as well..

  6. Avatar pmbok 6th disse:

    A motivating discussion is definitely worth comment. I believe that you should publish more about this topic, it may not be a taboo matter but generally folks don’t speak about such topics. To the next! Cheers.

  7. May I simply say what a comfort to uncover somebody who truly knows what they’re talking about over the internet. You actually know how to bring an issue to light and make it important. A lot more people must read this and understand this side of the story. I was surprised you’re not more popular given that you definitely possess the gift.

  8. Avatar absurdness disse:

    This is a topic that’s near to my heart… Cheers! Where are your contact details though?

  9. Thanks on your marvelous posting! I quite enjoyed reading it, you happen to be a great author.I will ensure that I bookmark your blog and will eventually come back later on. I want to encourage that you continue your great job, have a nice weekend!

  10. Good day very nice site!! Guy .. Excellent .. Amazing .. I will bookmark your website and take the feeds additionally…I am glad to search out a lot of helpful information right here within the submit, we want work out extra strategies in this regard, thanks for sharing.

  11. Everything is very open with a precise explanation of the issues. It was truly informative. Your site is very useful. Thanks for sharing!

  12. Like!! Really appreciate you sharing this blog post.Really thank you! Keep writing.

  13. Avatar SMS disse:

    I used to be able to find good info from your blog posts.

  14. Like!! Great article post.Really thank you! Really Cool.

  15. Just wanna comment on few general things, The website design and style is perfect, the content is rattling superb : D.

  16. Avatar trim repairs disse:

    Howdy, I do think your website might be having browser compatibility problems. When I take a look at your site in Safari, it looks fine however when opening in I.E., it’s got some overlapping issues. I just wanted to give you a quick heads up! Besides that, excellent website.

  17. Avatar cogethers disse:

    Hi there! I could have sworn I’ve visited this web site before but after going through many of the articles I realized it’s new to me. Anyhow, I’m certainly delighted I discovered it and I’ll be bookmarking it and checking back frequently!

  18. An interesting conversation is worth comment. I think that you need to create a lot more on this subject, it may not be a frowned on topic however usually individuals are inadequate to speak on such topics. To the next. Cheers

  19. Generally I do not read post on blogs, but I wish to say that this write-up very forced me to take a look at and do so! Your writing style has been surprised me. Thank you, very nice post.

  20. Spot on with this write-up, I seriously feel this website needs a great deal more attention. I’ll probably be back again to read more, thanks for the advice.

  21. I like this web site very much, Its a real nice billet to read and get information. “There is no exercise better for the heart than reaching down and lifting people up.” by John Andrew Holmes.

  22. Avatar porn disse:

    I needed to thank you for this good read!! I certainly enjoyed every bit of it. I have you book-marked to look at new things you post…

  23. Avatar ufa888a disse:

    I like it whenever people come together and share ideas. Great website, continue the good work!

  24. Absolutely indited subject material , thanks for selective information .

  25. Avatar sellefied disse:

    Very nice write-up. I certainly appreciate this site. Thanks!

  26. I simply want to tell you that I am new to blogging and incredibly liked your post. Probably I am likely to save your blog post . You certainly have great article information. Like it for giving out with us your internet site page

  27. MetroClick specializes in building completely interactive products like Photo Booth for rental or sale, Touch Screen Kiosks, Large Touch Screen Displays , Monitors, Digital Signages and experiences. With our own hardware production facility and in-house software development teams, we are able to achieve the highest level of customization and versatility for Photo Booths, Touch Screen Kiosks, Touch Screen Monitors and Digital Signage. Visit MetroClick in NYC at http://www.metroclick.com/ or , 121 Varick St, New York, NY 10013, +1 646-843-0888.

  28. I’m impressed, I have to admit. Seldom do I come across a blog that’s both equally educative and engaging, and let me tell you, you have hit the nail on the head. The issue is something too few folks are speaking intelligently about. Now i’m very happy I stumbled across this during my search for something regarding this.

  29. Avatar Bridal Shower disse:

    You’re so awesome! I do not suppose I’ve read through a single thing like that before. So wonderful to discover another person with a few unique thoughts on this topic. Really.. thanks for starting this up. This web site is something that’s needed on the web, someone with some originality.

  30. Very compelling elements you have said, thanks for adding.

  31. Avatar T-shirts disse:

    I seriously love your site.. Great colors & theme. Did you build this web site yourself? Please reply back as I’m trying to create my own blog and would love to learn where you got this from or what the theme is called. Appreciate it.

  32. FreeSpinner will help you with providing all the blog posts that you need.

  33. Very good information. Lucky me I discovered your blog by chance (stumbleupon). I have book marked it for later!

  34. Avatar productive disse:

    After looking into a few of the blog posts on your web site, I truly like your way of blogging. I bookmarked it to my bookmark webpage list and will be checking back in the near future. Please check out my website as well and tell me what you think.

  35. Howdy! This blog post couldn’t be written any better! Looking at this post reminds me of my previous roommate! He continually kept talking about this. I most certainly will send this information to him. Pretty sure he will have a very good read. Thank you for sharing!

  36. Avatar atlassessions disse:

    I really love your blog.. Very nice colors & theme. Did you create this amazing site yourself? Please reply back as I’m wanting to create my very own website and would love to find out where you got this from or just what the theme is called. Many thanks.

  37. Hello there, I think your web site might be having browser compatibility issues. When I look at your web site in Safari, it looks fine however, if opening in IE, it has some overlapping issues. I just wanted to give you a quick heads up! Other than that, excellent blog!

  38. Oh my goodness! Impressive article dude! Thank you so much, However I am experiencing difficulties with your RSS. I don’t understand the reason why I cannot join it. Is there anyone else having the same RSS problems? Anyone who knows the solution will you kindly respond? Thanx!

  39. Thanks for sharing your ideas. I’d personally also like to convey that video games have been ever before evolving. Modern tools and improvements have helped create authentic and fun games. Most of these entertainment games were not that sensible when the real concept was first being experimented with. Just like other forms of technology, video games as well have had to progress by means of many many years. This itself is testimony towards fast continuing development of video games.

  40. This site was… how do you say it? Relevant!! Finally I have found something that helped me. Cheers.

  41. Do you believe past life hypnosis? Do you think is reincarnation real?

  42. Good post. I will be facing many of these issues as well..

  43. It’s hard to come by educated people for this topic, however, you seem like you know what you’re talking about! Thanks

  44. I must thank you for the efforts you’ve put in penning this site. I really hope to check out the same high-grade blog posts from you in the future as well. In fact, your creative writing abilities has encouraged me to get my own site now 😉

  45. Saved as a favorite, I like your web site.

  46. Avatar fashion urban disse:

    You made some really good points there. I checked on the internet for more information about the issue and found most people will go along with your views on this site.

  47. That is the proper weblog for anyone who desires to search out out about this topic. You realize so much its nearly exhausting to argue with you (not that I truly would need…HaHa). You positively put a brand new spin on a topic thats been written about for years. Nice stuff, simply great!

  48. Thanks for some other fantastic post. The place else may just anyone get that type of information in such an ideal method of writing? I have a presentation subsequent week, and I’m at the look for such information.

  49. Thanks for discussing your ideas. I’d personally also like to mention that video games have been at any time evolving. Today’s technology and innovative developments have helped create genuine and fun games. Most of these entertainment games were not that sensible when the real concept was being experimented with. Just like other styles of technological innovation, video games too have had to develop through many years. This itself is testimony on the fast progression of video games.

  50. Avatar Antwan Bondoc disse:

    I just want to say I am beginner to blogs and certainly loved this web page. Probably I’m going to bookmark your website . You amazingly have amazing stories. Kudos for revealing your webpage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]