Home Notícias Ciência LSD e Psilocibina podem ajudar dependentes em álcool a parar de beber

LSD e Psilocibina podem ajudar dependentes em álcool a parar de beber

Psicodélicos, em situações específicas, podem ajudar pessoas que sofrem de depressão, TEPT (Transtorno de Stress pós Traumático) ou medo da morte advindo de doença terminal. Um novo estudo mostra que os psicodélicos como cogumelos mágicos e LSD podem ajudar no tratamento de outra doença: o alcoolismo.

O estudo, publicado em maio de 2019 no Journal of Psychopharmatology, pesquisou 343 adultos por dois anos. Aproximadamente três quartos dos participantes afirmaram ter problemas com AUD: a sigla, em inglês, é o termo médico utilizado para o vício em álcool).

Esses usuários crônicos de álcool disseram consumir cerca de 25 bebidas alcoólicas por semana ou 3,6 por dia, em média, há, pelo menos, sete anos.

O que aconteceu depois que essas pessoas experimentaram LSD ou psilocibina? Eles beberam bem, bem menos – uma média de 4,3 por semana. Isso significa uma redução de 83% no consumo de álcool, que continuou por um bom tempo depois do consumo de psicodélicos.

Ao final do estudo, a maioria dos participantes relataram uma redução dos sintomas de abstinência do álcool e diminuição da vontade de beber. Incrivelmente, de acordo com os pesquisadores, a maioria dos participantes já não eram mais classificados com AUD. Mas como os psicodélicos fazem os alcoólatras abandonarem a garrafa?

“Quando você conversa com alguém que conseguiu superar o vício, eles geralmente falam sobre como tiveram que responder perguntas gerais que se conectam com o que é importante na vida, ” afirma o especialista em vícios, Matthew Johnson, Ph.D, um dos autores do estudo. “Os psicodélicos provocam esse tipo de pergunta. Embora ainda tenhamos muito mais a explorar, acredito que seja a natureza intensa da experiência psicológica da droga que esteja por trás dessa alta taxa de sucesso.”

A profunda autorreflexão, então, parece ser o melhor presente dos psicodélicos para a cura. Um dos participantes do estudo afirmou que os psicodélicos “me permitiram sentir completo novamente e me forçaram a me reconectar com trauma emocional. Me acendeu uma luz para a natureza do vício e como isto nos escraviza – física, mental e espiritualmente. O vício nos priva de qualquer tipo de crescimento com ser humano, ” de acordo com Psychology Today.

O último estudo de Johns Hopkins complementa a pesquisa anterior da universidade sobre psicodélicos e vício. Em 2014, pesquisadores descobriram que a psilocibina poderia ajudar fumantes de cigarro a largar o vício também.

Isso significa que deveríamos todos migrar para Denver, onde os cogumelos foram recentemente descriminalizados? Não exatamente, mas deveria fazer com que os americanos fizessem uma grande reforma na política de drogas em todo o país.

Fonte: AQUI

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Anvisa rejeita cultivo de maconha para fins medicinais no Brasil

Por 3 votos a 1, proposta foi arquivada pela agência reguladora. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) rejeitou nesta terça-feira (3) o cultivo de...

Verdinha de Ludmilla faz sucesso na Web!

Mais de 3 milhões de plays em quatro dias de publicação: Verdinha de Mc Ludmilla faz sucesso no YouTube A Mc do funk Ludmilla lançou...

Mercedes Ponce fala sobre ExpoCannabis 2019 ao Hempa

Está chegando mais uma edição da ExpoCannabis 2019! Confira a entrevista com a organizadora do evento Este é o terceiro ano seguido do Hempadão na...

Maconha vira queridinha no mundo dos negócios

Com a legalização ganhando terreno, o cenário mudou: negócios canábicos já servem de lastro para fundos de investimentos negociados em bolsa por João Henriques /...

Comissão deve debater amanhã uso de medicamentos de maconha

Uso medicinal dos princípios da maconha estão sendo analisados em comissão especial O acesso a medicamentos que contenham canabinoides é o tema de audiência pública...