Legalização não chegou para imigrantes ilegais nos EUA

Hemportagem

hempadao 22 fevereiro, 2018

Nos Estados Unidos, a legalização transformou a forma de vender e comprar maconha nos locais onde a proibição foi superada. Infelizmente, a tranquilidade de torrar um baseado não contempla os imigrantes ilegais. Mesmo em solo legalized, os imigrantes maconheiros estão sujeitos as penas da legislação federal, que ainda criminaliza a erva.

“Tecnicamente, a posse de maconha é ilegal em nível federal, por isso que se um imigrante não cidadão portar ou consumir maconha, pode ficar sujeito à deportação”, disse Violeta Chapin, advogada especialista em imigração e professora de Direito na Universidade de Colorido.

A maconha recreativa é legal em oito Estados e no Distrito de Columbia, enquanto seu uso medicinal está amparado pelas leis de 28 Estados, mais o distrito da capital. “Quando um cliente imigrante me pergunta sobre esta questão, recomendo que nem fume e nem entre em contato com a maconha pelo elevado risco que representa para sua continuidade no país”, disse Chapin.

A dica para que imigrantes evitem qualquer explanação canábica tem respaldo em uma triste realidade. As deportações por posse de drogas aumentaram 43% entre 2007 e 2012, segundo o relatório mais recente da organização Human Rights Watch sobre este tema.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]