Home Notícias Ciência Legalização da maconha pode levar ao aumento do uso por jovens, diz...

Legalização da maconha pode levar ao aumento do uso por jovens, diz estudo

Números mostram que, nos EUA, dependência entre adolescentes aumentou de 2,18% para 2,72% após a liberação da droga

A legalização da maconha pode levar ao aumento, ainda que pequeno, do consumo da droga entre os mais jovens. Pelo menos é o que diz um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Nova York (NYU) e publicado na revista JAMA Psychiatry.

Fonte: UOL

Os números mostram que, entre os adolescentes de 12 a 17 anos, a dependência da maconha aumentou de 2,18% para 2,72% após a legalização da droga. Entre os adultos de 26 anos ou mais, a variação foi um pouco menor, de 0,90% para 1,23%.

Apenas entre os usuários de 18 a 25 anos a frequência do consumo não sofreu alterações a partir da legalização da maconha. Segundo Magdalena Cerdá, líder da pesquisa e diretora do Centro para Epidemiologia de Opioides e Política da NYU, isso pode ter acontecido porque em todos os estados onde a droga é legalizada, apenas adultos acima de 21 anos podem comprá-la.

Para chegar a essa conclusão, os responsáveis pelo estudo analisaram dados coletados entre 2008 a 2016 pela Pesquisa Nacional sobre Uso de Drogas e Saúde. Foram incluídos na pesquisa apenas os estados do Colorado, Washington, Alaska e Oregon.

Os resultados do estudo, porém, não implicam que a legalização da maconha seja algo necessariamente negativo. “Mesmo que as descobertas sejam preocupantes, isso não significa que a maconha não deve ser legalizada”, disse Cerdá em entrevista a Business Insider. “É importante que os estados estejam preparados e controlem de que forma os índices de saúde mudam conforme a disponibilidade de maconha aumenta”.

A pesquisadora ainda acrescentou que os estados devem investir em programas para ajudar os dependentes da droga e prevenir que adolescentes comecem a consumi-la. Ela sugere que os legisladores pensem em uma forma de limitar os níveis de THC (tetraidrocanabinol) presentes na maconha comercializada, por exemplo, ou restrinjam o horário de funcionamento dos estabelecimentos autorizados a vendê-la.

Nos EUA, o consumo da maconha é legalizado em 11 estados, além da capital Washington, apenas para pessoas acima de 21 anos. Seu uso medicinal é liberado em 33 dos 50 estados norte-americanos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Canabidiol desenvolvido na USP chega às farmácias

Fitofármaco derivado da maconha pode ter diversas aplicações terapêuticas. Produto foi criado em parceria com uma indústria farmacêutica do Paraná O primeiro extrato de canabidiol...

Quarentena canábica

Todas as fragilidades da nossa sociedade vem à tona em momentos como o atual, em que vivemos em meio a uma pandemia de coronavírus....

Maconha em tempos de pandemia é o tema da live da Folha nesta quarta

Nesta quarta-feira (29), o Ao Vivo em Casa, série de lives da Folha, fala sobre a indústria da maconha em tempos de Covid-19 e...

Fabricação e venda de derivados da cannabis entram em vigor no país

Entra em vigor hoje a resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que regulamenta a fabricação, importação e comercialização de produtos derivados da...

“Maconha é coisa de velho”, diz Fernando Henrique Cardoso

No Brasil só não enxerga o que acontece quem não quer. A maconha ou as drogas mais pesadas não estão apenas na favela, mas...