Home Ativismo Lançamento da Campanha REPENSE em SP: pela Regulamentação da Cannabis Medicinal

Lançamento da Campanha REPENSE em SP: pela Regulamentação da Cannabis Medicinal

Vai rolar amanhã, dia 18, às 19 horas, em São Paulo, o lançamento da campanha Repense: Pela regulamentação da Cannabis Medicinal

O evento ocorre para garantir um enfrentamento básico da militância canábica e suas associações, contra a iniciativa empresarial da ANVISA. Estão juntos na iniciativa instituições como a ABRAcannabis, ABRACE, Aliança Verde, Apepi e Liga Canábica, dentre outras.

Durante o encontro vai rolar estreia do filme curta-metragem “A Dor dos Outros”. Será apresentado o documento “A Regulamentação que Precisamos”, elaborada por associações de pacientes de cannabis medicinal. Logo a seguir, um debate a mesa composta como mostra a imagem abaixo:

A presença de cada um é muito importante para propagar as informações e legitimar esse movimento de resistência. Se estiver por SP, cola lá! Galera de todo o Brasil, ajude curtindo a página da rede REPENSE, no facebeck.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Tá ruim pra malandro

Grande parte do cenário político mundial ainda é muito conturbado e totalmente desfavorável ao uso de Cannabis, seja pra qualquer finaldade que for. E...

Cofre high tech de maconha ganha prêmio apesar de censura

Além de ser a maior feira de tecnologia do mundo, a Consumer Electronics Show (CES) distribui premiações para inovações tecnológicas todos os anos. Os...

Em 2020, a Indústria legal de maconha vai desaguar no Mainstream

A indústria da cannabis legal já é uma realidade. Até pouco mais de um ano atrás, o pequeno Uruguai deixou de ser uma exceção...

Você pode fumar maconha enquanto toma antibiótico?

Sabemos que não devemos consumir álcool enquanto estamos tomando antibiótico. Mas e a maconha? Aqui está o que dizem especialistas no assunto. Algumas coisas não...

O que realmente mudou no mercado de drogas no Uruguai após a legalização da maconha?

Seis anos após a aprovação da lei que chamou a atenção internacional em dezembro de 2013, o país sul-americano apresenta resultados ambíguos sobre o...