Importar semente de maconha nem sempre é crime, diz STJ

Clipadão

hempadao 28 agosto, 2017

Importar semente de maconha em pequena quantidade não é crime, concluiu a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em decisão proferida na última terça-feira (22). Para a Corte, que analisava recurso especial contra sentença do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF), o ato não configura tráfico internacional de entorpecentes. O julgamento contrariou entendimento anterior do próprio STJ.

Fonte: Gazeta do Povo

O tribunal analisou o processo de um homem acusado de tráfico internacional de drogas por ter adquirido 10 sementes de maconha pela internet. Em primeira instância, a Justiça entendeu que a conduta era atípica, ou seja, não se enquadrava no crime descrito na acusação. O TRF-3, porém, determinou que a ação deveria prosseguir e o caso foi parar no STJ, onde, por quatro votos a um, os ministros restabeleceram o entendimento de primeiro grau. 

Na decisão, os julgadores seguiram tese defendida pelo Ministério Público Federal (MPF), elaborada pela subprocuradora-geral da República Mônica Nicida. O documento do MPF sustenta que pelo fato de não apresentarem tetrahidrocanabinol (THC), a substância psicoativa da Cannabis, a importação de sementes de maconha não se enquadra na Lei 11.343/2006, conhecida como Lei de Drogas. 

“A legislação especial proíbe somente a importação de matéria-prima, insumo ou produto químico que sejam destinados à preparação de drogas, não havendo nenhuma menção com relação aos atos pretéritos à referida preparação”, observou Mônica no parecer. A subprocuradora acrescentou que “é baixíssima a probabilidade de uma semente geminar e vir a gerar flores (parte utilizada para o consumo na forma fumada ou para a produção de olho medicinal)”, citando pesquisas que comprovam a afirmação. 

O MPF salientou, contudo, que mesmo que o acusado do processo em questão conseguisse produzir drogas a partir das sementes, elas provavelmente seriam destinadas ao consumo próprio, devido à pequena quantidade de grãos. 

Controvérsia

O entendimento mais recente do STJ foi na contramão da jurisprudência da própria Corte. Em abril deste ano, a Quinta Turma afastou o princípio da insignificância ao analisar o caso de um homem que importou 14 sementes de maconha da Holanda, ao preço de R$ 200, para cultivo no Brasil. Em primeira e segunda instância, a Justiça entendeu que a pequena porção não representava perigo aos outros bens tutelados no crime de contrabando. 

No STJ, contudo, o ministro Jorge Mussi alegou que os delitos de tráfico de drogas e uso de substância entorpecente são de perigo abstrato ou presumido, “sendo irrelevante para esse específico fim a quantidade apreendida”. Desta forma, não se aplicaria a insignificância a esse tipo de crime.



6 respostas para “Importar semente de maconha nem sempre é crime, diz STJ”

  1. Avatar black mass disse:

    What’s up mates, how is everything, and what you want to say concerning this piece of writing, in my
    view its truly amazing in favor of me.

  2. Avatar black mass disse:

    I loved as much as you will receive carried out
    right here. The sketch is attractive, your authored material stylish.
    nonetheless, you command get bought an impatience over
    that you wish be delivering the following. unwell unquestionably come
    further formerly again as exactly the same
    nearly a lot often inside case you shield this hike.

  3. Avatar cheap flights disse:

    Appreciate the recommendation. Will try it out.

  4. I like the valuable information you provide in your articles.
    I’ll bookmark your weblog and check again here regularly.
    I’m quite sure I will learn plenty of new stuff right here!
    Good luck for the next!

  5. Avatar twittbot.net disse:

    Hi there! I could have sworn I’ve been to this website
    before but after looking at many of the posts I realized it’s new to me.
    Nonetheless, I’m definitely delighted I discovered it and I’ll be book-marking
    it and checking back regularly!

  6. Hi just wanted to give you a quick heads up and let you know a few of the images aren’t loading
    properly. I’m not sure why but I think its a linking issue.

    I’ve tried it in two different internet browsers and both show the same outcome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]