Home Colunas Clipadão Google bane aplicativos de maconha no Android

Google bane aplicativos de maconha no Android

Playstore, loja de aplicativos do Google, começa a banir apps de venda de maconha no Android

A Google atualizou suas diretrizes na Play Store e agora vai banir aplicativos que vendem maconha diretamente em sua loja. Segundo o Android Police, as empresas que comercializam e entregam erva utilizando os serviços do Android estão indo contra as políticas de conteúdo da plataforma e podem ter seu app retirado do ar.

por Mateus Mognon
no Tecmundo

De acordo com a Google, outro problema que pode acarretar em banimento são aplicativos que servem para marcar encontros para compra e venda de drogas, ou que “facilitem” o comércio de produtos com THC, a principal substância psicoativa das plantas do gênero cannabis.

Retrocesso

A Eaze, uma das companhias afetadas pela mudança, lançou um comunicado dizendo que a decisão da Google é um retrocesso para quem trabalha legalmente com maconha. A empresa atua dentro da lei nos Estados Unidos e comercializa a erva para uso recreativo e medicinal.

“A decisão do Google é um desenvolvimento decepcionante que só ajuda o mercado ilegal a prosperar”, disse a empresa. “Estamos confiantes de que o Google, a Apple e o Facebook acabarão por fazer a coisa certa e permitir que as empresas de cannabis legais façam negócios em suas plataformas”.

Ontem, a Google comentou que as empresas que vendem cannabis no Android podem evitar o banimento ao retirarem mecanismos como carrinho de compras do aplicativo, fazendo a transação em um site externo.

“Esses aplicativos simplesmente precisam mover o fluxo do carrinho de compras para fora do próprio app para ficarem dentro da nova política”, explicou a dona do Android. “Estamos em contato com muitos dos desenvolvedores e trabalhando para responder a quaisquer dúvidas técnicas e ajudá-los a implementar as alterações sem incomodar os clientes”, concluiu.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Até tu, Dudu? Filho de Bolsonaro apoia liberação do Canabidiol

Candidato a embaixada brasileira em Washington, Eduardo Bolsonaro defende importação livre de medicamentos produzidos nos EUA por Cadu Oliveira / Ilustração Felipe Navarro* Agora que a...

O Assunto #16: Maconha medicinal – quem é beneficiado e quem pode cultivar no Brasil?

Renata Lo Prete conversa com André Resende, do G1 Paraíba, que visitou a única associação do Brasil que tem autorização para cultivar a planta....

Realidade Canábica

Na verdade, são algumas realidades. E, conforme o tempo passa, o uso da popular maconha vem sendo desmistificado, mesmo que lentamente. Mas ainda assim,...

Doença ligada a cigarros eletrônicos já matou seis pessoas nos EUA

O primeiro relato da doença misteriosa surgiu em abril, no Estado de Illinois; logo, médicos de todo o país começaram a descrever pacientes com...

I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico da cannabis ocorre na próxima terça-feira, 17

Desde 2015 o número de pacientes cadastrados para a importação do canabidiol triplicou no Brasil. O I Seminário de Fortaleza sobre uso terapêutico e legislação...