Funcionário público é preso por tráfico no DF com 30 plantas de Maconha

Brasil, Clipadão, Policial

hempadao 19 junho, 2019

Um auditor fiscal do Tribunal de Contas da União (TCU) foi preso, nesta quarta-feira (19), por tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, na casa dele, no Lago Sul – região de alto padrão, em Brasília –, foram localizados cerca de 30 pés de maconha. A droga era cultivada na cobertura do imóvel.

Fonte: G1

Além da plantação, foram apreendidos fertilizantes que seriam usados para desenvolver as mudas, balanças de precisão e porções de skunk – uma versão potencializada da maconha.

Olha as plantinhas… pro tráfico?

A polícia chegou ao local após denúncias anônimas. Os vasos de maconha estavam identificados com placas. Em alguns, estavam escritas as siglas “W3” acompanhadas do número “900”. O significado das anotações não foi informado.

 

Lucas Ribeiro Pereira, de 32 anos, foi levado para delegacia da região. O G1 tenta contato com a defesa dele.

No site da transparência do TCU, Pereira aparece como auditor fiscal de controle externo. A reportagem aguarda um posicionamento do órgão sobre a prisão do servidor.

Se confirmada a autoria no crime, a pena prevista para tráfico de drogas varia de 5 a 15 anos de detenção.

Outro servidor

As investigações também identificaram um outro servidor público, dessa vez, do Senado Federal, que também estaria envolvido no esquema. O suspeito mora em Brasília, mas o nome dele não foi informado pela Polícia Civil do DF.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]