Ecstasy: Os cuidados ao abrir as Portas do Coração!

Portas da Percepção

hempadao 6 outubro, 2016

por Fernando Beserra

O MDMA é a metienodioximetanfemina. Ele seria o componente psicoativo do ecstasy, caso o ecstasy (bala, MD) de rua contivesse aquilo que se propunha originalmente. Mais de 10 textos aqui no Hempadão dão uma ideia acerca deste fármaco. Como substância semissintética, o MDMA é semelhante a determinados compostos naturais e pode ser produzido a partir de alguns destes. De acordo com Capdevila (1995) há, ao menos, sete formas de produzir o MDMA. Atualmente a forma mais recorrente de sua produção ocorre ao aminar o 3,4-metilenodioxifenil-2-propanona (MDP2P). A criação do MDMA foi realizada no início do século XX quando as empresas Merck buscavam sintetizar a hidrastina, uma substância vasoconstritora e hemostástica. O MDMA nunca chegou a ser comercializado, embora tenha sido patenteado em 1914 pela Merck (com solicitação de 1912). A patente, possivelmente, foi solicitada com a expectativa de seu uso como supressor do apetite.

Os efeitos psicoativos do análogo do MDMA e seu metabolito, o metilenodioxianfetamina (MDA), foram descobertos em 1957. Ao longo da década de 1960 o MDA foi descoberto na contracultura e passou a ser conhecido como droga do abraço (hug drug), droga do amor ou anfetamina para amantes. De acordo com Julie Holland (2001) o MDA foi patenteado em 1958 pela Smith Kline French e testado em 158 participantes de pesquisa como anorético (HOLLAND, 2001) e abandonado por sua psicoatividade. O MDA, do qual é possível obter o MDMA, foi sintetizado em 1910 pelos químicos alemães G. Mannish e W. Jacobson, fruto da aminação do azeite essencial do safrol. Em 1912 a Merck de Darmstadt, na Alemanha, patenteou o MDA como anorético, embora não o tenha comercializado (CAPDEVILA, 1995). O MDA também foi utilizado na tentativa de tratamento da doença de Parkinson, muito embora com um único paciente. O estudo foi abandonado quando se produziu rigidez muscular. O MDA ficou famoso antes que o MDMA, por exemplo, na famosa Haight Ashbury em São Francisco. Estudos sobre balas demonstram que na Espanha o mesmo ocorreu. Em 1985, por exemplo, era encontrado MDA, mas não MDMA (que aparecerá em 1990).

É curioso imaginar que os primeiros comerciantes de MDMA, fora do setting terapêutico-médico-psicológico, tinham uma relação com o comercio da substância que não era puramente comercial. Eles acreditavam em seu viés terapêutico a nível coletivo. Frases de Timothy Leary apareciam em panfletos das balas de ecstasy comercializadas.

O MDMA é conhecido por seus efeitos estimulantes e empatogênicos, isto é, é uma substância que aumenta a capacidade de empatia e de aprofundamento em si. Seus efeitos psicológicos variam bruscamente dependendo do cenário que se utiliza. Muitos pesquisadores e psiconautas não consideram, por exemplo, que o MDMA seja uma substância psicodélica. Discordo profundamente deste posicionamento. O MDMA pode catalisar uma experiência psicodélica autentica em um cenário psicoterapêutico ou em outro setting adequado. Diversos relatos de experiência corroboram tal afirmação, o que também o faço a partir da experiência pessoal. Basta remeter ao livro organizado por Sophia Adamson: “Through the gateway of the heart”. Muitas práticas psicoterapeutas, por um lado, e de meditação e de trabalho espiritual, por outro, julgam fundamental a abertura das portas do coração para o crescimento psicológico ou espiritual (METZNER, 1985). Trata-se de um efeito que o MDMA pode promover. De acordo com Kuyupers e outros (2014) diversos estudos indicam que o MDMA apresenta indução de sentimentos subjetivos de proximidade e abertura para os outros, calor emocional, aumento de bem-estar, contentamento, empatia, além de euforia. De forma geral, estudos demonstraram que o MDMA aumenta o reconhecimento de emoções positivas, enquanto diminui o de negativas (KUYUPERS e outros, 2014). A evidência é que o MDMA aumente os componentes emocionais da empatia, em suas medidas subjetivas e objetivas, e diminua o reconhecimento emocional de emoções negativas. Estudos ainda estão em fase de realização para descobrir os componentes fisiológicos ligados à empatia produzida pelo MDMA e substâncias análogas. Atualmente sabe-se que os efeitos da oxitocina, que são parcialmente mediados pelos receptores 5HT1A, não produzem os efeitos empatogênicos do MDMA, embora fossem fortes candidatos a esta produção (KUYUPERS e outros, 2014).

No nível fisiológico, quando o MDMA é ingerido ele é metabolizado por uma enzima no fígado: a CYP2D6. Em um pequeno grupo populacional esta enzima é deficiente, o que conduz a uma teoria que tal déficit ocasiona que o efeito do MDMA se torne muito prolongado neste grupo e possa mesmo causar danos mais sérios ao corpo. Esta teoria tem sido criticada, por exemplo, por de la Torre e outros (apud HOLLAND, 2001) na observação que pequeno aumento no uso de MDMA pode levar a grandes aumentos de seu nível plasmático. Em decorrência deste aumento, portanto, pode ser que haja algum mecanismo dose-dependente que explique o aumento dos riscos em doses maiores em uma grande proporção. Esta enzima, a CYP2D6, pode ser inibida pela presença continua de MDMA, o que gera um risco muito aumentado em situações nas quais ocorre o uso continuo e prolongado da substância (MELBREG e BONSON, 2001); além disso, a interação com outros fármacos de efeito análogo no fígado, por exemplo, o DXM, pode aumentar este efeito. Há uma antiga máxima na redução de danos para o uso de MDMA que deve ser observada: “Menos é mais”. Por diversas pesquisas sabe-se que o MDMA não se encontra entre as substâncias psicoativas mais perigosas. No artigo de David Nutt e outros (2010) foram avaliados os diferentes riscos de diversas substâncias psicoativas. O MDMA (descrito como Ecstasy) encontra-se com riscos bastante inferiores dos que os do álcool, do tabaco, da anfetamina, da cocaína, dentre outras substâncias, como se pode observar abaixo:

Apesar do indicativo do gráfico de Nutt e outros (2010), é importante lembrar que os riscos do MDMA se tornam muito superiores devido a proibição e a possibilidade de falsificação. Além disso, usos inconsequentes e inadvertidos, mesmo do verdadeiro MDMA, estão longe de ocorrerem isentos de riscos. Antonio Escohotado (1997) adverte acerca do uso em doses altas, mas não apenas nisso. O filósofo e historiador das drogas observa uma experiência comum a usuários de MDMA: quando este uso se torna recorrente, o que se observa é a manutenção dos efeitos tipo-anfetamínicos do MDMA, isto é, seus efeitos estimulantes e a perda de suas características promotoras da empatia. Ainda de acordo com Escohotado (1989) a dose de MDMA é de 1 a 2,5 mg por kg de peso. Enquanto menos de 50 a 75mg podem não ser psicoativas, mais que 250 podem, em determinadas pessoas, provocar intoxicação, ainda que não seja frequente. Entre as substâncias psicodélicas, o MDMA é uma substância com a margem de segurança pequena (medida entre a dose psicoativa mínima média e a dose fatal média). A dose fatal média seria de 600 a 700mg em pessoas com riscos de saúde específicos e uma pessoa saudável suportaria até alguns gramas, embora seria irresponsável conduzir-se desta forma.

Um dos efeitos atualmente discutidos no uso de MDMA é a redução da serotonina (5HT) no fluido cérebroespinhal. Embora exista evidência desta redução em ratos e macacos, ainda há um debate sobre este fenômeno em humanos. Alguns estudos indicam tal redução, mas não se pode afirmar categoricamente as possíveis alterações a nível de vida cotidiana ou indicadores cognitivos. Enquanto hipótese poderia se conjecturar na redução da dor e de traços agressivos (HOLLAND, 2001); muito embora não tenha sido encontrada redução da dor e a redução de traços de agressividade em usuários de MDMA tal ocorrência ainda necessita ser melhor estudada.

No primeiro post sobre MDMA e redução de danos escrevi acerca da hipertermia e da hiperpirexia. Isto é, ressaltei os riscos de aumento da temperatura corporal e a necessidade de manter-se hidratado, inclusive para manutenção (ou redução) da temperatura corporal. Em espaços muito quentes e de dança continua, a falta de hidratação e o excesso de calor tornam-se fatores de sério risco para os usuários de MDMA. De forma geral, o MDMA leva a pequenos aumentos de temperatura, mas em determinados contextos de muito calor, dança e falta de descanso apropriado a temperatura pode elevar-se em demasia. Há diversos riscos neste caso, desde falhas nos rins, fígado, até o edema cerebral. A maior razão de casos fatais, na hipertermia decorrente de uso de MDMA, segundo Henry e Rella (2001) é uma síndrome denominada coagulopatia intravascular disseminada (CIVD). Por outro lado, não há indicativo de hipertermia em usos psicoterapêuticos de MDMA. Nos casos de hipertermia é fundamental esfriar o corpo da pessoa e que a mesma seja deslocada para um ambiente de menor temperatura. Deve-se procurar ajuda médica; equipes de redução de danos podem dar orientações adequadas.

Faltou acrescentar um importante debate no uso do MDMA: a hiponatremia. A hiponatremia é uma baixa dos níveis séricos de sódio, que pode ocorrer, nos contextos de uso de MDMA em festas, como consequência do excesso de uso de água em um curto espaço de tempo. O excesso de água pode ser um fator central nesta situação, em especial porque o MDMA causa a secreção de um hormônio antidiurético, o ADH (vasopressina). Estes hormônios, portanto, inibem que o usuário urine, aumentando a desordem eletrolítica. Usuários com esta condição podem apresentar náusea, mudez, dores de cabeça, confusão, fadiga, vomito, dentre outros sintomas. A hidratação deve ser realizada, preferencialmente por isotônicos, de forma a evitar o quadro. Deve-se evitar o consumo excessivo de uma só vez. Isto é: beber líquidos, mas de forma gradual e constante e não de maneira abrupta. Possivelmente a secreção de vasopressina está relacionada às características serotoninérgicas do MDMA, portanto, o uso de mais de uma substância com estas características aumenta o risco do quadro ou pode agravá-lo.

Algumas dicas de redução de danos são as seguintes:

· Hidrate-se. Preferencialmente com isotônicos, a exemplo do Gatorade;

· A hidratação deve ser maior quando se dança ou movimenta-se em excesso. Porém cuidado. A hidratação não deve ser excessiva. A hidratação excessiva pode ser tão perigosa quanto a falta de hidratação;

· Não dance ou se movimento todo o tempo. Dê um tempo para o seu corpo. Descanse. Não deixe de dormir ou de permitir que seu corpo relaxe. Não use substâncias todo o tempo: seu corpo é sagrado;

· Use roupas leves, em especial se for manter grande atividade física;

· Não use mais do que uma bala. Em especial, comece com doses menores;

· Teste a substância. Busque saber se há redutores de danos no espaço. Se seu uso for habitual da substância, pense seriamente em adquirir um test kit;

Outro cuidado que o usuário de MDMA deve tomar é com a síndrome serotoninérgica (SS). A SS pode ocorrer no uso abusivo de substâncias que agem nos receptores de serotonina, aumentando a liberação deste neurotransmissor ou evitando a sua recaptação. Embora a SS seja rara, ela é extremamente perigosa; a taxa de mortalidade é de 10 a 15%. Seus sintomas são: confusão mental, dificuldade de andar, aumento de suor, diarreia, aumento da rigidez e do tônus muscular, tremedeiras, etc.

Alguns usuários para evitar a toxicidade, em especial a neurotoxicidade, do MDMA utilizam algumas estratégias. Uma destas é o uso de vitamina C. Aguirre e colegas (apud BAGGOT e MANDELSON, 2001) relataram que uma aplicação 2x/dia, por dois dias, de uma dose alta de ácido alfa-lipóico bloqueou completamente os efeitos neurotóxicos do MDMA de uma dose única em ratos. Doses altas de alguns ácidos, como vitamina C, podem alterar o PH da urina e afetar a excreção do MDMA. Ao lado desta interação farmacocinética, doses bem aceitas de antioxidantes podem diminuir os riscos de danos neurotóxicos de longo prazo (BAGGOT e MANDELSON, 2001). Apesar disso, ainda é muito incerto se esta intervenção tenha o efeito desejado. Por fim, o uso de alimentos com L-triptofano como bananas, chocolate e leite podem ser úteis no dia seguinte ao uso do MDMA, de forma a reduzir os impactos da depressão no dia ou dias pós-uso.

Este texto não tem a finalidade de abranger todas as possibilidades de redução de riscos e danos ou dar informações completas sobre o MDMA. Trata-se de um texto introdutório. Pesquisa, se informe. Em breve trarei mais textos sobre o assunto aqui para o Portas da Percepção envolvendo, por exemplo, os adulterantes e falsificantes possíveis do MDMA.

REFERÊNCIAS:

BAGGOT, M.; MANDELSON, J. Does MDMA causa brain damage. Em: HOLLAND, Julie. MDMA: a complete guide. Rochester/Vermont: Park Street Press, 2001.

CAPDEVILA, Marc. MDMA o el éxtasis químico. Bacelona: Los Libros de la Liebre de Marzo, 1995.

ESCOHOTADO, A. O livro das drogas: usos e abusos, desafios e preconceitos. São Paulo: Dynamis Editorial, 1997.

HOLLAND, Julie. MDMA: a complete guide. Rochester/Vermont: Park Street Press, 2001.

KUYUPERS, K. P.; TORRE, R. de la; FARRE, M.; YUBERO-LAHOZ, S.; DZIOBEK, I.; BOS, W. V. den.; RAMAEKERS, G. No Evidence that MDMA-Induced Enhancement of Emotional Empathy Is Related to Peripheral Oxytocin Levels or 5-HT1a Receptor Activation. PLoS One, 2014. V. 9 (6). Acesso em: 02 out. 2016. Disponível em:

MELBREG, Jessica E. e BONSON, Katherine R. How MDMA works in the brain Em: HOLLAND, Julie. MDMA: a complete guide. Rochester/Vermont: Park Street Press, 2001.

METZNER, Ralph. Foreword. Em: ADAMSON, Sophia. Through the gateway of the heart. San Francisco: Four Trees Publications, 1985.

Mais posts sobre o assunto no Portas da Percepção:

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA no tratamento da esquizofrenia? Em: Hempadão. 2016. Disponível em: < https://hempadao.com/mdma-no-tratamento-da-esquizofrenia/>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e neurotransmissores. Em: Hempadão. 2016. Disponível em: <https://hempadao.com/mdma-e-neurotransmissores/>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e redução de danos. Em: Hempadão. 2016. Disponível em: <https://hempadao.com/mdma-e-reducao-de-danos/>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e ilegalidade: parte 1. Em: Hempadão. 2016. Disponível em: <https://hempadao.com/legalidade-e-ilegalidade-do-mdma-ndash-parte-1/>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e ilegalidade: parte 2. Em: Hempadão. 2016. Disponível em: <https://hempadao.com/legalidade-e-ilegalidade-do-mdma-ndash-parte-ii/>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e depressão. Em: Hempadão. 2015. Disponível em: <https://hempadao.com/mdma-e-depressao/>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e depressão: parte 2. Em: Hempadão. 2015. <https://hempadao.com/mdma-e-depressao-parte-2/>.

BESERRA, Fernando Rocha. Psicoterapia com MDMA. Hempadão. 2015. Disponível em: – <https://hempadao.com/pt/infumacao/portas-da-percepcao/3155-psicoterapia-com-mdma.html>.

BESERRA, Fernando Rocha. MDMA e psicopatia: um amor possível? Hempadão, 2015. Disponível em: <https://hempadao.com/pt/infumacao/portas-da-percepcao/2977-mdma-e-psicopatia-um-amor-possivel.html>.

BESERRA, Fernando Rocha. Ecstasy em debate. Hempadão. 2015. Disponível em: <https://hempadao.com/ecstasy-em-debate/>.



70 respostas para “Ecstasy: Os cuidados ao abrir as Portas do Coração!”

  1. Avatar panda blog disse:

    Way cool! Some extremely valid points! I appreciate you writing this article and the rest of the website is extremely good.|

  2. I am curious to find out what blog system you
    have been using? I’m experiencing some small security issues with
    my latest site and I would like to find something more risk-free.
    Do you have any solutions?

  3. If that is not an option for you, create links to videos that you have posted on YouTube, or another, similar site.

  4. This will keep your readers coming back later on to read more of the blogs you write.

  5. You have now found out some great tips for improving your on-field soccer game.

  6. your writing really helped me I know what steps to take.

  7. I blog often and I really thank you for your information. The article has really peaked my interest. I will book mark your blog and keep checking for new information about once per week. I opted in for your RSS feed as well.

  8. Stretch all your muscles before practicing or playing a game and wear all of your protective equipment.

  9. Hello there, simply became alert to your blog thru Google, and found that it is really informative. I am gonna watch out for brussels. I’ll appreciate in case you continue this in future. A lot of other people shall be benefited from your writing. Cheers!|

  10. Avatar cheap flights disse:

    My brother recommended I might like this web site. He was entirely
    right. This post actually made my day. You
    cann’t imagine just how much time I had spent for this information! Thanks!

  11. I am not sure where you are getting your info, but good topic. I needs to spend some time learning more or understanding more. Thanks for excellent info I was looking for this info for my mission.|

  12. What’s up every one, here every one is sharing these kinds of know-how, therefore it’s
    pleasant to read this weblog, and I used to visit this webpage everyday.

  13. Hey there! I simply would like to offer you a huge thumbs up for the excellent inform부산달리기

    ation you have got right here on this post. I am coming back to your blog for more soon.

  14. Sapid Agency is a Search Engine Optimization company in New York City that provides SEO Services. Their proprietary SEO strategies help struggling websites and aspiring business owners to rank their websites higher in multiple search engines like Google , Yahoo and Bing. They provide local and gmb map ranking for businesses in NYC and many other local areas. Find more at https://www.sapidagency.com/ @ 145 E 57TH NEW YORK, NY 10022, USA, +1 971 341 5608 USA

  15. Avatar lassie kino disse:

    I have observed that in the world nowadays, video games are definitely the latest craze with children of all ages. Occasionally it may be impossible to drag young kids away from the activities. If you want the very best of both worlds, there are numerous educational games for kids. Interesting post.

  16. It really is practically close to impossible to come across well-updated americans on this area, unfortunately you seem like you understand those things you’re writing on! Appreciate It

  17. Very good article. I will be facing many of these issues as well..

  18. Avatar Best CBD Oil disse:

    This web site truly has all of the information and facts I wanted about this subject and didn’t know who to ask.

  19. An outstanding share! I have just forwarded this onto a friend who had been conducting a little research on this. And he actually bought me dinner simply because I discovered it for him… lol. So let me reword this…. Thanks for the meal!! But yeah, thanks for spending the time to talk about this subject here on your web page.

  20. I couldn’t resist commenting. Very well written.

  21. Avatar pmp online disse:

    Oh my goodness! Incredible article dude! Thanks, However I am having difficulties with your RSS. I don’t know why I cannot join it. Is there anyone else getting similar RSS issues? Anyone who knows the answer can you kindly respond? Thanx!

  22. Pretty! This has been an incredibly wonderful article. Thanks for supplying this information.

  23. Avatar acridly disse:

    Hi, I do think this is an excellent blog. I stumbledupon it 😉 I am going to come back once again since I saved as a favorite it. Money and freedom is the best way to change, may you be rich and continue to guide others.

  24. I have been absent for some time, but now I remember why I used to love this web site. Thank you, I’ll try and check back more frequently. How frequently you update your website?

  25. I’m very happy to find this site. I need to to thank you for ones time due to this wonderful read!! I definitely loved every little bit of it and I have you saved to fav to look at new information in your website.

  26. Thankyou for helping out, great information.

  27. I love reading through an article that will make people think. Also, thank you for permitting me to comment.

  28. Avatar wooyart disse:

    Hi there! I could have sworn I’ve visited this site before but after browsing through many of the posts I realized it’s new to me. Nonetheless, I’m definitely happy I found it and I’ll be book-marking it and checking back frequently!

  29. Area on with this article, I genuinely think this internet site requires much more consideration. I?ll possibly be once again to check out far more, many thanks for that information.

  30. After checking out a number of the articles on your web site, I truly like your way of blogging. I saved it to my bookmark webpage list and will be checking back in the near future. Please visit my web site as well and tell me how you feel.

  31. I’ve recently started a site, the information you provide on this web site has helped me greatly. Thank you for all of your time & work.

  32. Your style is unique in comparison to other people I’ve read stuff from. Thank you for posting when you’ve got the opportunity, Guess I will just bookmark this web site.

  33. Hello very cool website!! Guy .. Beautiful .. Superb .. I will bookmark your site and take the feeds also…I’m happy to search out so many useful info right here within the put up, we’d like work out more techniques in this regard, thanks for sharing.

  34. Avatar sexcam disse:

    This is a great tip particularly to those fresh to the blogosphere. Short but very accurate info… Appreciate your sharing this one. A must read post!

  35. Avatar ufa888a disse:

    Spot on with this write-up, I actually believe this web site needs much more attention. I’ll probably be returning to read more, thanks for the advice.

  36. You have remarked very interesting details ! ps decent site. “Great opportunities to help others seldom come, but small ones surround us every day.” by Sally Koch.

  37. Avatar sellefied disse:

    Aw, this was an incredibly good post. Taking a few minutes and actual effort to generate a very good article… but what can I say… I hesitate a lot and never seem to get anything done.

  38. This is the right website for anybody who wishes to find out about this topic.
    You realize a whole lot its almost hard to argue with you (not that
    I really will need to…HaHa). You definitely put a new spin on a subject that has been discussed for a long time.
    Great stuff, just wonderful!

  39. Right here is the perfect webpage for anyone who really wants to understand this topic. You realize so much its almost tough to argue with you (not that I really would want to…HaHa). You certainly put a new spin on a topic that’s been discussed for ages. Wonderful stuff, just great.

  40. Good info. Lucky me I came across your website by chance (stumbleupon). I’ve book-marked it for later!

  41. Avatar have g disse:

    This is a topic that is near to my heart… Cheers!
    Exactly where are your contact details though?

  42. I really have to notify you that I am new to wordpress blogging and incredibly liked your article. Likely I am most likely to bookmark your blog post . You absolutely have fantastic article content. Value it for sharing with us your current url page

  43. MetroClick specializes in building completely interactive products like Photo Booth for rental or sale, Touch Screen Kiosks, Large Touch Screen Displays , Monitors, Digital Signages and experiences. With our own hardware production facility and in-house software development teams, we are able to achieve the highest level of customization and versatility for Photo Booths, Touch Screen Kiosks, Touch Screen Monitors and Digital Signage. Visit MetroClick in NYC at http://www.metroclick.com/ or , 121 Varick St, New York, NY 10013, +1 646-843-0888.

  44. I was able to find good info from your content.

  45. FreeSpinner is made to assist you keeping up with online competition.

  46. Avatar many g disse:

    This is my first time pay a quick visit at here and i am really happy to read everthing
    at single place.

  47. Your style is so unique compared to other people I have read stuff from. Thanks for posting when you have the opportunity, Guess I will just bookmark this site.

  48. Sapid Agency is a Search Engine Optimization company in New York City that provides SEO Services. Their proprietary SEO strategies help struggling websites and aspiring business owners to rank their websites higher in multiple search engines like Google , Yahoo and Bing. They provide local and gmb map ranking for businesses in NYC and many other local areas. Find more at https://www.sapidagency.com/ @ 145 E 57TH NEW YORK, NY 10022, USA, +1 971 341 5608 USA

  49. MetroClick specializes in building completely interactive products like Photo Booth for rental or sale, Touch Screen Kiosks, Large Touch Screen Displays , Monitors, Digital Signages and experiences. With our own hardware production facility and in-house software development teams, we are able to achieve the highest level of customization and versatility for Photo Booths, Touch Screen Kiosks, Touch Screen Monitors and Digital Signage. Visit MetroClick in NYC at http://www.metroclick.com/ or , 121 Varick St, New York, NY 10013, +1 646-843-0888.

  50. Avatar wealth disse:

    Next time I read a blog, I hope that it doesn’t fail me as much as this one. After all, I know it was my choice to read, however I really believed you would have something useful to talk about. All I hear is a bunch of crying about something you can fix if you were not too busy searching for attention.

  51. Good site you have here.. It’s difficult to find good quality writing like yours nowadays. I seriously appreciate individuals like you! Take care!!

  52. Avatar atlassessions disse:

    I used to be able to find good advice from your blog posts.

  53. The next time I read a blog, Hopefully it does not disappoint me just as much as this particular one. I mean, I know it was my choice to read through, but I truly believed you would have something helpful to say. All I hear is a bunch of moaning about something that you could possibly fix if you weren’t too busy searching for attention.

  54. Greetings! Very useful advice within this article! It’s the little changes that make the most important changes. Thanks for sharing!

  55. Great post! We will be linking to this particularly great post on our site. Keep up the good writing.

  56. I wanted to thank you for this fantastic read!! I absolutely loved every little bit of it. I’ve got you bookmarked to look at new things you post…

  57. Do you believe past lives? Do you think is reincarnation real?

  58. You made some good points there. I checked on the net for additional information about the issue and found most individuals will go along with your views on this web site.

  59. This site definitely has all of the information I wanted concerning this subject and didn’t know who to ask.

  60. Avatar posters disse:

    This is a topic which is close to my heart… Take care! Where can I find the contact details for questions?

  61. I needed to thank you for this wonderful read!! I certainly loved every bit of it. I have you saved as a favorite to look at new things you post…

  62. It’s fresh to see a proper debate online and not all just concurring with the author for a change.

  63. I just want to mention I’m beginner to blogging and site-building and absolutely liked you’re blog site. Most likely I’m likely to bookmark your blog . You absolutely come with superb articles. Appreciate it for sharing with us your website page.

  64. Avatar fabricio disse:

    muito boa a matéria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]