Home Colunas Portas da Percepção Curso sobre psicoterapia com psicodélicos no Rio de Janeiro

Curso sobre psicoterapia com psicodélicos no Rio de Janeiro

por Fernando Beserra

Mesmo diante de tempo difíceis, a ciência psicodélica continua viva. No dia 24 de novembro de 2018, no Rio de Janeiro, na Casa Amanita, no bairro de Santa Teresa, realizarei o minicurso sobre: Uso terapêutico de psicodélicos. O minicurso foi realizado, pela primeira vez, no III Congresso Brasileiro de Biologia da Universidade de Londrina, em agosto de 2018. A pequena capacitação foi organizada pela Associação Psicodélica do Brasil (APB), que desde 2015 tem estimulado e defendido ações, ligadas ao campo psicodélico, sobre política sobre drogas, redução de danos e terapias.

Dentro do contexto psicoterapêutico, diferentes substâncias psicodélicas foram estudadas exaustivamente antes de suas proibições, entre as décadas de 1940 e 1970. O retorno das pesquisas com psicodélicos apresenta hoje um cenário acadêmico e político vibrante, de forma que a Multidisciplinary Association for Psychedelic Studies (MAPS) prevê a regulação do uso psicoterapêutico do MDMA para os EUA ainda no ano de 2021.

O psiquiatra David Nutt conversou com os dois últimos presidentes da American Psychiatric Association (Liberman e Summergrad), o último, presidente do European College of Neuropsychopharmacology (Goodwin), além de outros importantes nomes do EUA e Inglaterra no controle das drogas e regulação sanitária. Todos falaram a mesma coisa: “É tempo de levar os tratamentos com psicodélicos a sério na psiquiatria e na oncologia, como nós fizemos nos anos de 1950 e 1960, o que significa que nós precisamos ir de volta ao futuro.” (NUTT, 2016, p. 1163).

O programa seria maior e mais profundo, mas já que optamos, neste momento, por um curso de curta duração, é o seguinte:

PARTE I

– Introdução à história da psicoterapia com psicodélicos;

– Psicoterapia psicolítica e psicoterapia psicodélica;

– Discussão sobre financiamento e debates políticos sobre o uso terapêutico dos psicodélicos;

PARTE II

– Introdução ao histórico do MDMA;

– Efeitos do MDMA e base neurofisiológica;

– Psicoterapia aliada ao uso de MDMA e transtorno de estresse pós-traumático (TEPT);

– Psicoterapia aliada ao uso de MDMA e transtorno depressivo;

PARTE III

– Introdução à psilocibina;

– Psicoterapia aliada ao uso de psilocibina no tratamento de depressão refratária;

– No tratamento de ansiedade em pacientes com doenças terminais;

– No tratamento de transtorno obsessivo compulsivo (TOC);

– No tratamento das farmacodependências;

– No tratamento de cafaléia em salvas;

PARTE IV:

– Introdução ao LSD;

– Psicoterapia aliada ao uso do LSD no tratamento de ansiedade em pacientes com doenças terminais;

Um dos desafios da capacitação é articular, em curto prazo, pesquisas sobre diferentes tópicos ao debate político sobre a regulação do uso terapêutico dos psicodélicos. A Asssociação Psicodélica tem adotado uma visão distinta da principal organização internacional sobre o tema, o Multidisciplinary Association for Psychedelic Studies, que acredita que deva-se apartar o campo da pesquisa psicodélica de todo o universo da contracultura. Cada vez mais avança o debate sobre o uso destas importantes substâncias no Brasil e no mundo e esperamos ver cada vez mais capacitações sobre este tema no Brasil. Há pouco tempo, quem iniciou uma especialização sobre psicodélicos foi a UNIFESP, com o tema: Drogas psicodélicas: história, farmacologia e potencial terapêutico. Além disso, o incansável Eduardo Schenberg tem promovido pesquisas e capacitações sobre o tema.

O evento da APB encontra-se divulgado no Facebook: https://www.facebook.com/events/547666319020074/ e as inscrições são feitas pelo link: https://goo.gl/forms/8JEa75Ap4hRCoVQJ3.

As vagas são poucas e estão bastante concorridas. Isso é bom, pois permite visualizar a importância que o tema tem adquirido. Quanto mais pessoas que iniciem esta capacitação para uma futura regulação, maior o número de pessoas que pressionarão para uma futura regulação e mais multiplicadores da ciência psicodélica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Porque a Maconha é proibida só para os Pobres?

A proibição agrava desigualdades sociais e trata pior as minorias raciais. E a legalização pode não resolver esses problemas: ou até agravá-los. Será diferente...

Tá ruim pra malandro

Grande parte do cenário político mundial ainda é muito conturbado e totalmente desfavorável ao uso de Cannabis, seja pra qualquer finaldade que for. E...

Cofre high tech de maconha ganha prêmio apesar de censura

Além de ser a maior feira de tecnologia do mundo, a Consumer Electronics Show (CES) distribui premiações para inovações tecnológicas todos os anos. Os...

Em 2020, a Indústria legal de maconha vai desaguar no Mainstream

A indústria da cannabis legal já é uma realidade. Até pouco mais de um ano atrás, o pequeno Uruguai deixou de ser uma exceção...

Você pode fumar maconha enquanto toma antibiótico?

Sabemos que não devemos consumir álcool enquanto estamos tomando antibiótico. Mas e a maconha? Aqui está o que dizem especialistas no assunto. Algumas coisas não...