Home Cultura Famosos Blogueira é condenada à prisão na Turquia por tuíte sobre drogas

Blogueira é condenada à prisão na Turquia por tuíte sobre drogas

A postagem não foi divulgada. De acordo com a mídia local, a pena seria maior do que de alguns condenados por tráfico no país.

Um tribunal de Istambul condenou nesta sexta-feira em primeira instância a famosa blogueira turca Pinar Karagöz, mais conhecida pelo nome artístico “Pucca”, a cinco anos e dez meses de prisão por um tuíte sobre a cidade colombiana de Medellín no qual, segundo a promotoria, incitava o consumo de drogas.

Fonte: UOL

O tribunal considerou como fator importante a capacidade de influência da blogueira, que tem 1,9 milhão de seguidores no Twitter e cerca de 623 mil no Instagram, além de ter publicado vários livros nos últimos anos.

Os juízes ditaram uma sentença de sete anos de prisão, diminuída para cinco anos e dez meses, assim como uma multa de 66.660 liras turcas (cerca de 10 mil euros).

O tuíte original não foi divulgado, como é habitual nestes casos na Turquia, já que sua revelação poderia constituir outro crime.

A promotoria assegurou que no texto censurado, Karagöz descrevia a cidade de Medellín na Colômbia como capital do tráfico de drogas e ironizava a pobreza dos toxicômanos na Turquia.

A blogueira, que habitualmente escreve sobre temas como moda, amor e relações sociais, admitiu ter feito uma brincadeira sobre o famoso traficante colombiano Pablo Escobar, mas não esclareceu a natureza da mesma.

“Se assistir à série ‘Narcos’ e falar de Escobar como eu, é provável que sejam condenados a entre cinco e dez anos de prisão”, escreveu em novembro, quando foi acusada.

Ao ser informada sobre a sentença, a blogueira, que tem um filho pequeno, divulgou um vídeo no qual entre lágrimas questionou como enfrentar sete anos de prisão.

A defesa recorreu da sentença, mas segundo o jornal turco “Sözcü”, Karagöz deverá ficar presa enquanto o caso tramita na próxima instância ou chegue ao Supremo Tribunal do país.

Nas redes sociais, vários seguidores se indignaram com a condenação e ironizaram porque a pena é maior do que a recebida por muitos traficantes de droga.

A posse e o consumo de entorpecentes, incluindo a maconha, tem penas na Turquia de entre dois e cinco anos de prisão

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Ultimos posts

Fabricação e venda de derivados da cannabis entram em vigor no país

Entra em vigor hoje a resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que regulamenta a fabricação, importação e comercialização de produtos derivados da...

“Maconha é coisa de velho”, diz Fernando Henrique Cardoso

No Brasil só não enxerga o que acontece quem não quer. A maconha ou as drogas mais pesadas não estão apenas na favela, mas...

Alerj aprova pesquisa e cultivo da maconha medicinal no Rio

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou a realização de pesquisa e cultivo científico da maconha por associações de pacientes. A votação,...

10 universidades pelo mundo que oferecem cursos focados em maconha

A maconha medicinal vem ganhando espaço em diversos lugares do mundo. De olho nisso, algumas universidades estão buscando capacitar seus estudantes para trabalhar no...

Se eu quiser fumar, eu fumo

Dizem por aí que coisa alguma acontece por acaso. Aliás, que o próprio acaso é algo irreal — mesmo que nós ainda não sejamos...