Billy Ray Cyrus conta que gravadora censurou verso sobre maconha em ‘Old Town Road’

Música

hempadao 6 agosto, 2019

Em entrevista a um canal no YouTube, Billy Ray Cyrus disse que foi obrigado a trocar verso sobre maconha em “Old Town Road”

O cantor Billy Ray Cyrus afirmou que sua gravadora não deixou que ele cantasse um verso sobre maconha em sua participação no hit “Old Town Road“, de Lil Nas X.

Fonte: Jovem Pan

Em entrevista ao canal “Taste of Country” no YouTube, Cyrus afirmou que a gravadora gostou dos versos que ele escreveu, menos a parte sobre a maconha. A letra original diria “Baby’s got a habit: diamond rings and marijuana” (“querida tem um hábito: anéis de diamante e maconha”, em tradução livre).

“Por alguma razão, eu achei que seria engraçado dizer isso”, explicou o pai de Miley Cyrus. A gravadora do músico, no entanto, não curtiu a ideia. “Eles disseram: ‘tudo, menos a parte da maconha’”, contou sobre a aprovação da letra. Na versão que foi lançada, ele trocou “marijuana” por “Fendi sports bra” (“sutiã esportivo da Fendi”, em tradução livre).

Apesar da censura, “Old Town Road” fez um sucesso enorme. A música segue no topo do Billboard Hot 100 e ampliou o recorde de single a liderar a parada por mais tempo em toda a história, chegando a 18 semanas consecutivas.

Ouça como ficou a canção, aqui:

 



2 respostas para “Billy Ray Cyrus conta que gravadora censurou verso sobre maconha em ‘Old Town Road’”

  1. Avatar Esther Barton disse:

    Honestly i’am not good at reading but your blog is really easy to understand, thanks for sharing…

  2. This is a topic which is near to my heart… Take care!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]