A máquina

Chapa2

hempadao 21 novembro, 2017

por S. M. Hermes

Um estudo de Galduróz et al. (2005) intitulado “Uso de drogas psicotrópicas no Brasil: pesquisa domiciliar envolvendo as 107 maiores cidades do país” — aponta que mesmo o consumo de drogas ilegais (maconha, cocaína, etc.) receba da opinião pública maior foco na questão do uso de substâncias psicotrópicas, o consumo de drogas legais como tabaco e álcool são problemas de saúde pública que se sobressaem diante das substâncias ilícitas.

Mesmo assim fumar maconha hoje em dia por incrível que pareça ainda é algo pecaminoso para os padrões ampla e socialmente aceitos no Brasil e em vários outros países. A sociedade brasileira em geral julga como lamentável o fato de que determinados indivíduos façam uso de substâncias ilegais como o crack: droga que é combatida com veemência pelo Estado principalmente nas periferias e através da grande mídia.

Desde a Revolução Industrial as drogas conforme foram sendo classificadas como ilegais adquiriram cada vez mais esse caráter marginal que estigmatiza o usuário em alguém incapaz de sobreviver aos costumes e dogmas contemporâneos. Todavia, drogas legais como medicamentos psicotrópicos antidepressivos ou até mesmo tabaco e álcool matam em quantidades extremamente maiores e não recebem a mínima atenção em termos de prevenção e combate dos seus usos dos grandes conglomerados midiáticos.

Que são um dos principais contribuintes para a disseminação das informações em relação aos usos de drogas tendo grande responsabilidade pela elaboração da agenda pública. Isso, devido à frequência e ao destaque dado a determinados assuntos e selecionando os conteúdos a serem considerados importantes pela sociedade. Scheufele (2000) explica que “A prioridade atribuída a determinados temas influencia a opinião pública que, por sua vez, cobra ações governamentais, dentro de um processo de interação entre imprensa, sociedade e governo”.

A máquina que opera o sistema em si é problemática, pois ela visa apenas a manutenção e até mesmo a melhoria do bem-estar dos poucos mais abastados excluindo cada vez mais as classes menos favorecidas e dividindo a sociedade em polos distintos os quais não interagem entre si, pelo contrário. Ainda assim temos a esperança e o intuito de que as coisas mudem para melhor, portanto segue a militância e a luta!

“A vibração do pêndulo está sempre em evidência. […] Sempre existe a vibração rítmica de um polo a outro. O Pêndulo Universal sempre está em movimento. As marés da Vida sobem e descem de acordo com a Lei.”



4 respostas para “A máquina”

  1. Friends simply call him Terrance Cage and he enjoys it. Supervising is exactly where his main cash movement arrives from but he options on changing it. Her husband and her chose to reside in New Jersey but her husband wishes them to go. Jogging is the thing I appreciate most.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




[pro_ad_display_adzone id=17608]
[pro_ad_display_adzone id=17609]