Venda de Maconha em Nevada chegou a U$27mi no primeiro mês!

WAW

hempadao 2 outubro, 2017

Após a legalização para uso recreativo ter início, em julho deste ano, os dispensários do estado de Nevada, nos EUA, venderam 27 milhões de dólares em maconha – apenas em julho! Isso é quase o dobro do valor que tanto o Colorado quando Oregon venderam em seus primeiros meses. E aproximadamente 7 vezes mais do que as vendas de Washington.

A projeção para o futuro é que, nos próximos dois anos, o estado vá gerar uns 120 milhões de dólares somente em taxas. O estado arrecadou 10% do total das vendas (2,71 milhões) de maconha recreativa. A maconha medicinal não é taxada.

Outros U$974.060 entraram relativos aos 15% da taxa de atacado, que os cultivadores pagam antes de entregaram a maconha – seja ela medicinal ou recreativa – aos dispensários.

“Antigamente esse dinheiro ia para o mercado negro. Não é que todo mundo decidiu fumar maconha agora porque é legal, acontece que agora conseguimos ver a receita tributária,” afirmou Riana Durett, diretora executiva do Nevada Dispensary Association.

Embora os cidadãos locais achassem que a maior parte desse dinheiro iria para as escolas, apenas uma porção irá. Inicialmente, o governador, Brian Sandoval, propôs o direcionamento das taxas para as escolas, mas ele decidiu depois colocar esse dinheiro no “rainy day fund” do estado, que pode ser usado para qualquer coisa, mas geralmente o utilizam para emergências.

Os 15% cobrados dos cultivadores vai para o pagamento dos custos do estado e dos governos locais, mas esses valores ainda não foram liberados. O que sobrar desse imposto de atacado, depois disso, vai para a “School Distributive Account”, que dá dinheiro às escolas por aluno.

E todo esse dinheiro vem de 250 licenciados incluindo lojas de varejo, cultivos, fabricação de produtos, laboratórios de teste e distribuidores.

A taxa de inscrição para as licenças recreativas é de U$5.000 e a taxa real de licença (depois de autorizado) varia de 10.000 a 30.000 dólares.

“Não se pode esquecer que há muitos custos regulatórios. Uma empresa me disse que a conta de energia deles é U$15.000. O que ninguém vê são os investimentos por trás das operações de legalização. Não é tudo apenas lucro,” afirmou Durett.

Apesar de todos esse números, ainda não se sabe sobre agosto e setembro, que podem ter sido afetados pelo problema que tiveram com os distribuidores de álcool. O estado ainda está em uma batalha judicial com distribuidores de álcool, que frustraram muitos dos esforços para licenciar distribuidores adicionais de maconha recreativa.

Muitos dispensários estavam lutando para ficarem abastecidos com o suprimento até as últimas semanas, quando o Departamento de Tributação conseguiu emitir duas dúzias de licenças para novos distribuidores.

Os dispensários também estão esperando uma queda em janeiro de 2018, quando a Califórnia vai começar a vender maconha recreativa online.

A legalização da maconha recreativa em Nevada foi aprovada em novembro de 2016. Os adultos acima de 21 anos podem ter consigo até 1 onça (aprox. 28g) de maconha e até 8 onças (aprox. 225g) de concentrado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina