Usuário Doente?

Hemportagem

hempadao 26 setembro, 2013

Tem opositor da legalização que adora profetizar uma “explosão” do consumo de maconha legalized, que vai criar uma demanda no já super lotado sistema público de saúde brasileiro. Até então costumávamos responder que tal afirmação era puro achismo. E é!

Um estudo divulgado pela Universidade de Boston esta semana revelou que não existe uma associação entre a frequência do uso de maconha e um aumento de demando por serviço de saúde em geral.

 

589 adultos que usam drogas (maconha, cocaína e opioides) foram questionados sobre a frequência de uso de drogas, a frequência com que visitam o pronto-socorro e com que sofrem hospitalizações. Entre os usuários de maconha a demanda por serviços médicos é praticamente a mesma dos não usuários.

O médico que conduziu a pesquisa, Daniel Fuster, disse que embora eles não tenham comparado usuários de maconha a não-usuários, ele afirma que é muito baixo o efeito detectado do uso de maconha na saúde e no uso de serviços de saúde de um usuário.

É inegável negar que o uso de drogas pode gerar problemas de saúde, e no caso da maconha o grupo de risco para desenvolver dependência é de 9%. Mas não podemos esquecer que vivemos em uma sociedade em que praticamente todo mundo é usuário de drogas, e sofre com os problemas de saúde decorrente deste comportamento.

Ou vocês esqueceram que o tabaco, o álcool, o café e o açúcar também são drogas e levam muitos usuários aos leitos hospitalares?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina