Uruguai deve usar instalações militares para plantar maconha!

Hemportagem

hempadao 13 março, 2014

Ao assumir a responsabilidade de plantar a maconha 100% legalized o governo Uruguaio arrumou um baita problema. Afinal, trata-se de um cultivo ultra valioso que pode despertar o interesse de muitos doidões e malandros dispostos a conseguir buds na mão leve.

Por isso o presidente Mujica declarou que estuda fazer a lavoura canábica dentro de uma instalação militar, sob rígido controle estatal. "Não queremos ser produtores para exportar nem para complicar a vida dos moradores. Não pensem que a venda será livre. Regulação não significa anarquia", assegurou Mujica.

O governo estima ser necessário uma área de de dez a 20 hectares para atender a demanda de consumo do país. Segundo o ministro da Defesa, Eleuterio Fernández Huidobro, a utilização de um prédio militar para centralizar o cultivo da maconha tem como objetivo o controle sobre os cultivos autorizados.

Para garantir um maior equilíbrio e controle de qualidade da maconha oferecida, o governo uruguaio cogita trabalhar com clones para reproduzir o mesmo código genético da erva. As normas para a regulamentação devem ser divulgadas em abril e definirão como serão concedidas as licenças para plantar a erva (em clubes ou em casa) e os strains a serem produzidos, entre outros aspectos da implementação da lei.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina