Um ano de maconha 100% legalizada no Colorado

Chapa2

hempadao 6 janeiro, 2015

por Tales Henrique Coelho

Quarenta milhões de dólares arrecadados em impostos com a venda regulamentada da maconha recreativa. Este é um dos primeiros resultados positivos da legalização da maconha no estado americano do Colorado, que completou no início do mês um ano de venda legal de cannabis.

Desde a aprovação da emenda 64, em 2012, o Colorado virou ponta de lança da legalização da maconha para fins recreativos. Embora estados como a Califórnia já vendam a cannabis para ser usada medicinalmente há anos, gerando mais de 100 milhões de dólares em impostos, o Colorado é hoje o principal paradigma a ser observado pelos maconheiros de todo o mundo, junto com o Uruguai e o estado de Washington, também nos EUA.

Mas os americanos estão na frente porque, ao contrário do nosso vizinho do sul, já estão produzindo e vendendo em grande escala, sem grandes problemas. E, mais importante: a legalização de toda uma indústria teve impactos positivos na economia como um todo, beneficiando todos.

Além disso, como afirmou Art Way, diretor da Drug Policy Alliance, "o céu não caiu como muitos previam". Muito além da simples arrecadação de impostos, outros dados da legalização no Colorado são muito animadores:

– As prisões por posse de drogas caíram de 30 mil por ano para 2.500, liberando a polícia para combater crimes de verdade;

– A economia do Colorado é hoje uma das que mais cresce entre os estados americanos;

– A taxa de desemprego é a menor desde 2008, ano da crise americana;

– Ao contrário do que muitos dizem, o número de jovens que usam maconha começou a cair ligeiramente desde a legalização

Estas são só algumas informações muito importantes, que dão esperanças a todos nós que queremos ver um mundo menos imbecil em 2015. Com a experiência Uruguaia avançando, além dos estados americanos legalizando o uso recreativo, a verdade virá à tona, e vai engolir os proibicionistas.

Não tenham dúvidas. Daqui a 50 anos as pessoas vão ver o absurdo que foi a guerra às drogas, assim como hoje vemos o absurdo que foram a Ditadura, a Lei Seca americana e a escravidão.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina