“Tem é que proibir mesmo”, defende Antônio dos Santos

Contra Maconha

hempadao 24 abril, 2013

O deputado estadual do PSC criticou a Reforma do Código Penal que trata da descriminalização da maconha no Brasil. “Se isso for aprovado será a consumação da impunidade. A impunidade tem a marca dos últimos anos no Brasil. O Senado nomeou uma comissão para elaborar o antiprojeto. Até ai tudo bem, mas liberar o uso da maconha, por exemplo, não dá para aceitar”, disse o parlamentar sergipano que é pastor evangélico.

Ele reverberou a voz do senso comum que dizendo: “Acredito que essa descriminalização não vai acontecer porque as pessoas já estão sabendo os males que ela trás. Na hora que liberar o consumo estará liberado o tráfico. Liberar o uso da maconha é um retrocesso muito grande. Eu queria saber o que está por trás dessa proposta em liberar essa droga”, ou seja, ao menos que ele seja ingênuo, o que realmente ele precisa saber é o que está por trás da proibição das drogas, porque em nada tem protegido nossas crianças e nossa família.

 

Segundo ele a legalização seria um caos para o país. Sem dúvida “maconha” é uma palavra que causa espanto à Antônio dos Santos, por isso os imagens abaixo, feitas para propagar sua mensagem Contra Maconha, esse é o nome da editoria nova do Hempadão que vai abrir espaço para vozes a favor da proibição mostrarem seus argumentos, assim se fazem bons debates. Tomara que ambientes de proibicionistas também façam isso com cada vez maior frequência, assim eles vão se espantar quando descobrirem que na verdade não sabem sequer o que é maconha.

liberar caos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina