Suspeito de atentado em Boston vendia maconha, dizem colegas

Clipadão

hempadao 24 abril, 2013

Do UOL, em São Paulo

Dzhokhar Tsarnaev, o mais jovem dos dois irmãos chechenos suspeitos de serem os responsáveis pelo atentado na maratona de Boston, era um traficante de droga. A revelação foi feita hoje ao jornal "Boston Globe" por três pessoas que alegam ter comprado maconha dele.

Dzhokhar, 19, estudava na Universidade de Massachusetts Dartmouth e, de acordo com pessoas que o conheciam, era um consumidor habitual e um vendedor de maconha.

Os colegas de faculdade do jovem, que permanece hospitalizado por causas dos ferimentos sofridos em um confronto com a polícia, disseram que ele "fumava muitos cigarros de maconha". "Quase todos os dias se sentia o cheiro de maconha vindo de seu quarto e também suas roupas cheiravam a erva", declarou Patrick Yaghoobian, amigo do jovem.

Entretanto, as autoridades policiais norte-americanas estão procurando um homem de nacionalidade armênia "calvo e com a barba vermelha" que teria doutrinado Tamerlan Tsarnaev, o mais velho dos irmãos chechenos, morto em um confronto com a polícia.

O armênio, cujo nome seria Misha, é um cristão convertido ao Islã que teria orientado o jovem a uma forma radical da fé islâmica. Segundo o tio de Tamerlan, Ruslan, o armênio teria feito "uma lavagem cerebral" no garoto. (Com agências internacionais)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina