Resposta ao Datena – O Anti-Marcha da Maconha

Chapa2

hempadao 2 abril, 2013

 

Ontem o Datena escreveu um artigo detonando a luta pela legalização da maconha. Ele poderia aproveitar o 1º de abril para escrever mentiras sobre a erva (como ser porta de entrada para outras drogas e matar neurônios) mas optou por criticar escrevendo bobagens aleatórias.

Ele diz que a Marcha da Maconha é uma "imbecilidade", pois o Brasil tem problemas mais importantes, como a fome, habitação saúde e educação. Como apresentador de programa policial ele deveria ter um bom conhecimento sobre desgraça que é a guerra às drogas e número absurdo de mortos em conflitos motivados pelo proibicionismo.

Se ele acha que isso é um problema menor…

Ele diz que "os ativistas da marcha não sabem ou fingem não saber" que existem tipos de maconha mais fortes que muitas drogas. Para fazer tal afirmação ele deve ter fumado uma Jack Herer cultivada por um grande mestre canábico da Califórnia ou está ouvindo as bobagens do Dr. Laranjeiras.

Dizer que um plantador de maconha inevitavelmente vai vender uma parte do seu cultivo é puro achismo sem fundamento. Vale lembrar que este mesmo apresentador tratou de forma totalmente desrespeitosa o Ras Geraldinho, desqualificando sua religião e o uso sacramental da ganja. No programa do GUGU [ainda existe?!] ele foi questionado sobre a Marcha da Maconha e veja a resposta:

Não queremos a presença do Datena na Marcha da Maconha. Só exigimos respeito!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina