Prevenindo e combatendo o ataque de pulgões no jardim de Cannabis

Cultivo Vital

hempadao 9 março, 2014

por Sergio Vidal

Hoje vou responder a mais uma mensagem enviada para a página do livro Cannabis Medicinal no facebook:

“bom dia sergiao.. tudo na paz? cara preciso de um help

tem alguma praga detonando minha safra. parece uns insetos que ficam aglomerados no caule da planta. as folhas estao ficando todas amareladas e meladas. parece que foi molhada mas na verdade é um negocio anormal. parece que fica um monte de casca marrom no caule.. .. fora que a maiorio hermafroditou. me ferrei.. de 6 ficou apenas 2 femeas..uma das piores safras que tive.. estou passando mals perrengues no in door. quando eu cultivei no outdoor nunca tive problemas.. mas agora que mudei pro ape.. eu nao estou conseguindo acertar. eu mandei oleo de neem até a fase de floracao. ai parei. sempre vi algumas moscas. tentei tirar.. mas é difícil. e agora começou a dar formiga”

Ao que parece seu jardim está sofrendo com o ataque de pragas, algo que é muito comum, especialmente durante o verão. Seria ótimo se tivéssemos fotos para ilustrar o texto, para poder também termo certeza absoluta de que se tratam de pulgões. Mas, pela descrição, não vejo como ser outra coisa. Para prevenir o melhor é sempre ter plantas saudáveis e bem nutridas e aplicar ao menos uma vez por semana algum produto preventivo, como óleo de neem.

Existem diferentes tipos de pulgão, alguns parecem um ou mais carocinhos, como pintas escuras, mas também ser claras, ou brancas. Parecem não muito prejudiciais, mas rapidamente podem sugar toda a energia das planta e matá-las. Geralmente iniciam a colonização na base do tronco, logo partem para os galho e folhas. Vivem em mutualismo com alguns tipos de formigas. Os pulgões produzem uma secreção que é composta em sua maior parte de açúcar. É como se ele defecasse açúcar, a qual popularmente é conhecido como melada. Isso é a “água anormal” que você encontrou na planta. Isso é o que interessa as formigas. As formigas criam os pulgões e os protegem dos predadores naturais e guardam seus ovos com carinho, para reproduzir mais pulgões, do mesmo modo que nós humanos fazemos com os animais que nos interessam. É uma relação de mutualismo que faz com que esses pulgões sejam também conhecidos como vacas-de-formigas. Assim de nada adianta somente catar todos os pulgões e matá-los, ou aplicar azamax ou qualquer outro veneno contra pulgão. É preciso também acabar com as formigas que estão nos vasos e ao redor. Aconselho utilizar os venenos em gel que funcionam como isca atraindo as formigas. É bom espalhar em todo o jardim, especialmente nas partes externas dos vasos e um pouco na base do caule. É importante retirar manualmente o máximo de pulgões e se dedicar bem a essa parte de limpeza e aplicação de algum produto que elimine essa praga. Aconselho algum veneno comum de pulgões, que podem ser encontrados facilmente em lojas de jardinagem. Porém, é ainda mais importante eliminar também as formigas, para que elas não voltem a criar os pulgões.

Mais uma vez espero que tenham gostado do texto e, principalmente, que ele tenha ajudado a esclarecer mais a respeito da natureza da cannabis e do seu cultivo. Enviem suas mensagens, críticas, etc e, principalmente as dúvidas, preferencialmente com fotos e descrição detalhada de como é o cultivo, para o e-mail: hempadao@gmail.com

Até semana que vem! namaste!

Consulte outros artigos sobre cultivo: Clique Aqui  e aqui

*Antropólogo, Redutor de Danos e Cidadão Ativista engajado na construção de um Brasil com leis e políticas públicas sobre maconha e outras drogas mais humanas e eficientes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina