Presos como Traficantes: Um médico, uma dentista, dois motoristas e uma jovem de 18 anos!

Guerva

hempadao 28 maio, 2016

Um casal, dois motoristas e uma jovem de 18 anos. Com essa gente presa, e/ou envolvida com problemas na justiça, será que o Brasil está mais seguro ou pelo menos menos enfumaçado? Será que um helicóptero com 400 quilos de basta-base de cocaína não é mais flagrante do que qualquer caso hoje citado? Existe uma Guerra contra a erva instituída e isso faz com que cada vez mais pessoas se envolvam numa teia de tráfico-recompensa que faz lotar as unidades carcerárias do país:

Casal de médico e dentista rodam com 50 pés

No Espírito Santo um casal composto por um médico e uma dentista foram surpreendidos pela ação policial na noite da última sexta-feira, dia 20. Os fardados invadiram o apartamento após encontrarem o médico e um outro homem na rua, dentro de uma caminhonete, em “atitude suspeita”.

Na casa do outro homem foram encontradas drogas e uma arma, enquanto no apartamento do médico o saldo foi de 50 plantas e uma estrutura de lâmpadas para manter os pés. Os três foram levados a delegacia e tiveram seu indiciamento decidido pelo delegado local.

Maconha no caminhão de Carne

Já em Maringá, no estado do Paraná, um caminhoneiro foi preso no último dia 24, quando transportava dentro do caminhão de carne um flagrante de 140 quilos de maconha prensada.

Os oficiais do Denarc abordaram o piloto no pátio de um posto de gasolina, devido uma investigação sobre transporte de drogas em cargas frigoríficas que estava sendo realizada há cerca de 60 dias. Além disso, a polícia também teria recebido informações sobre o motorista.

O condutor foi preso em flagrante e é mais um condenado por tráfico no Brasil.

Maconha na Ambulância

Mais uma condutor foi preso, mas dessa vez em Sorocaba, interior de SP. O motorista da ambulância carregava 1,3 tonelada de maconha dentro de sacolas no espaço reservado para o paciente.

Também através de denúncia, o condutor acabou interceptado pela polícia militar local e preso como traficante.

Jovem de 18 anos presa como traficante

Uma jovem de 18 anos foi encontrada com 12 tabletes de maconha na mala viajando de ônibus de Ponta Porã para Três Lagoas, em Florianópolis. A droga pesou cerca de 8,5 quilos e a jovem foi presa por tráfico de drogas.

Segundo a acusada, o transporte da erva lhe renderia uma recompensa de mil reais.

Enquanto pequenos traficantes são presos todos os dias, os grandes fornecedores de toda essa brincadeira seguem impune, longe das vistas policiais, longe até mesmo do Brasil, em suas mansões de luxo em Miami ou Paris.

Que guerra às drogas é essa que na verdade leva jovens, mulheres e profissionais para o fundo das grades? É a guerra contra as pessoas. E é contra essa guerra que precisamos lutar. Todo dia.

Esse pessoal optou por uma forma errada de levantar uma grana, mas será que é correto encher a cadeia com pessoas que cometem crime não-violento, sem prejudicar ninguém diretamente? Dá pra viajar pensando nisso… pense!



10 respostas para “Presos como Traficantes: Um médico, uma dentista, dois motoristas e uma jovem de 18 anos!”

  1. Dan disse:

    Boa noite! Muito bom este post!

  2. Lucas Mendes disse:

    Um amigo ficou preso por 5 anos por causa de menos de 50 gramas de cannabis, será essa punição correta fazer com que um jovem de 18 anos que acaba de completar a maior idade vendia para fumar de graça sem qualquer lucro, foi a uma cidade vizinha Buscar a 50 g com dois menores, ouve uma denuncia anonima dizendo que (Fulano) foi a tal cidade para buscar drogas uma vez que n avia mais ônibus para voltar naquele dia, ele iria de táxi os fardados ao ver um carro com a placa da tal cidade circulando na cidade deram ordem de parada meu brother falou pro motorista acelerar jogou o chá fora numa sacola plastica os fardados continuaram na perseguição quando pegaram voltaram ate o local pegarão o cha e resultou em 5 anos de cadeia ….. E oque resultou mais um inocente na cadeia misturado a criminosos que responde por crime mais grave como roubo a mão armada latrocínio entre outros , e muitos destes ficaram 2 ou 3 anos e meu amigo ficou quase 5 impunidade nesse pais e mato .

    Fumo defendo e estudo a cannabis e cultivo para não sustentar “o Trafico´´ e dar uma medida nos usuários de outras substancias entorpecentes , menos usuários menos lucro menos lucro menos trafico menos trafico menos pessoas mortas por bala perdida ,.

    PLANTA PRA NÃO COMPRA FAÇÃO ISSO E SERA MENOS DINHEIRO PARA O TRAFICO E MAIS PARA SEU CULTIVO

  3. SHARKDIVER disse:

    se fosse legalizado nada disso teria acontecido

  4. Man Cannabis disse:

    No Brasil pode tudo, menos maconha.é foda.

  5. Fillipe disse:

    “viajando de ônibus de Ponta Porã para Três Lagoas, em Florianópolis” ta errado, nao existe Ponta Porã e Três Lagoas em Florianopolis… sao cidades de MS (: só uma correçao, meu estado que é “porta de entrada para as drogas”… kkk, nao tenho orgulho disso mas é culpa do sistema, apesar de que outras drogas alem da cannabis(que sera legalizado o cultivo, logo menos… “tem que ter fé e se tem fé sabe como é”) sempre terão trafico, mas em fim, queria falar mesmo do erro do estado de MS que por sinal é onde moro, kk…

  6. RICK COUTINHO disse:

    O casal capixaba foi fichado como usuários por determinação judicial.
    Advogado correu no juiz de plantao e pediu uma liminar obrigando o delegado a ficha-los como usuarios, de acordo com a lei de drogas.
    Há uma esperança no fim do tunel…

  7. Isaias disse:

    Já pensei repensei nisso, percebo que é uma grande covardia. Quando a policia chega aos grandes, não podem fazer nada, os verdeiros traficantes que deveriam sair de circulação e serem enjaulados estão sempre brindados amparados pelas próprias leis corruptivas do País. Isso é um tremendo scracho.

  8. Cadê_Coxinhas_?_Vol_2 disse:

    E vai continuar, se bobear, piorar. Os coxinhas adoram essas prisões midiáticas, se sentem seguros em suas casas assistindo Datena e Sargentos Fahur. Acham que se prenderem um monte de esfarrapados a sociedade será purificada segundo a lógica dos Bolsonaros e Felicianos. Enquanto isso, votam no Aécio cheirador, Perrelas e outros. Colocaram os Magno Maltas e Osmar Terras no poder, já era parceiro. E alguns ainda querem que a gente acredite que tem coxinha (tipo FHC) que é a favor da legalização. A única legalização que os coxinhas querem é a legalização da opressão do mais fraco. Porque 400 quilos de pasta base de cocaína não é nada na mão de um bom advogado, enquanto 100g de prensado vagabundo já te enquadra no 12 ou 33.

  9. CELSO B disse:

    Infelizmente aqui o sistema falha, enquanto isso países mais desenvolvidos optam por serviços comunitários…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina