Polícia faz piada do Trabalho de reprimir Maconheiros

WeedNews

hempadao 25 janeiro, 2016

Histórias sobre detenção de usuários de maconha (quando não envolve celebridades) dificilmente viram notícia na imprensa. É assim porque (infelizmente) é um fato tão banal como batidas de carro. Acontece toda hora e em qualquer lugar! Mas a polícia do Rio Janeiro ainda se orgulha de realizar este trabalho de enxugar gelo. 

 

Na última sexta-feira (22) o perfil no Facebook do 2º batalhão de polícia do Rio de Janeiro (responsável pela área de Botafogo) postou com orgulho a foto da apreensão de 1,5 baseado e um dichavador do mais vagabundo, que foi apreendido com 5 usuários que passavam pelo bairro. 

Apreender menos de 1g de maconha como sendo um grande serviço para segurança pública já é algo do ridículo do proibicionismo. Mas tudo bem, esse é o trabalho da polícia! 

O mais ridículo é celebrar essa pífia apreensão como sendo um grande serviço. Cinco pessoas foram levadas até uma delegacia pelo porte de menos de 1g de maconha. Provavelmente foi feito um registro de ocorrência, que vai resultar em processo judicial e custos (do dinheiro público) totalmente desnecessários. 

Toda essa burocracia – condução dos usuários até a DP, papelada do BO e audiências – custa bem mais que valor da maconha apreendida. E este “valoroso” serviço da polícia também custou a retirada dos PMs da rua no período que o caso era registrado. 

Mesmo sem ter mais detalhes sobre o que aconteceu, é possível garantir que crimes de verdade poderiam ser evitados por estes Tiras que enquadraram os maconheiros.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina