Patrícia, 22 anos, SC [Candidata 035 – Miss Marijuana 2013]

Miss Marijuana 2013

hempadao 23 novembro, 2013

Nome, idade, estado onde mora.

Patrícia. 22 anos. SC

Por que você acha que a maconha foi proibida?

Falando aqui do Brasil… por que com certeza tem muita gente “grande” que ganha muito dinheiro por trás do tráfico por tanto é conveniente manter qualquer droga proibida. Já no contexto mais social do negócio, é porque falta conhecimento sobre o assunto, a proibição da maconha veio de milhares de anos atrás e continua até hoje. Às vezes não da pra acreditar que depois de tanto tempo a maioria das pessoas pensa pela cabeça dos outros. A evolução vai estacionando…

Trabalha ou estuda? Qual sua área de atuação?

Trabalho e estudo. Trabalho em um escritório da Oi aqui na cidade onde moro e estudo Inglês.

Qual a sua opinião sobre a legalização da maconha no atual contexto político-social nacional?

Minha opinião será sempre a favor, independente do contexto político-social. Sou a favor não apenas porque sou usuária e quero ser livre pra poder fumar meu baseado, sem culpa e sem medo. Mas porque nunca ouvi dizer que maconha tenha feito mal a usuários ou a qualquer outra pessoa. Parafraseando Planet Hemp “Assim como Deus não mente, maconha não mata gente.” E tenho dito hahaha
Como você gosta de gastar a onda?

De várias formas… Curtindo um som, matando uma larica, trocando uma ideia. Mas se pudesse, a maioria delas seria olhando o mar haha
Uma boa música para ouvir chapada:

Nossa, essa foi a mais difícil. Curto muito som chapada. Graudation – Graudation. Dub

Por que você quer ser a Miss Marijuana 2013?
Na verdade eu queria ser miss universo, mas eles tem preconceito com mina que fuma beck hahaha Eu quero ser miss marijuana, porque eu curto demais essa planta, me abriu a mente pra várias coisas e eu me sentiria muito feliz com isso. E eu amaria ganhar todos esses prêmios fodas!

Qual sua opinião sobre as outras drogas?
Sinceramente, não tenho preconceito algum com quem usa cada um sabe o que faz. Porém elas não fazem minha cabeça. A maconha foi uma escolha minha e não pretendo deixa-la, mas qualquer outra droga tanto licitas como ilícitas não fazem parte do meu ser. Eu sou maconheira, sou da paz e não pretendo mudar isso.


Se pudesse escolher, moraria no Uruguai, na Holanda ou prefere esperar o Brasil legalizar?

Uruguai. Gosto muito do país, da língua e um dia pretendo conhecer (em breve). Mas é claro que não perco a esperança de ver o meu Brasil mudando de ares, deixando o preconceito de lado e legalizando não só a maconha, mas a verdadeira liberdade de expressão.

Há quanto tempo acompanha o Hempadão e o que mais gosta no blog?

Não acompanho há muito tempo. Conheço o blog a uns dois anos, quando uma amiga me apresentou. Mas acompanhar a uns três meses. Curto mais o canal, os vídeos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina