Partido Japonês defende Legalização da Maconha

Chapa2

hempadao 12 julho, 2016

Ultimamente a cena política nacional anda tão conturbada que ninguém mais no Congresso fala em legalização da maconha. Enquanto isso no Japão surgiu um partido que resolveu abraçar a causa: é o Novo Partido do Renascimento.

Trata-se do primeiro partido no país a incluir a pauta em sua plataforma eleitoral. Pronto, os maconheiros do Japão agora já tem em quem votar. O argumento principal do partido é que a planta pode tanto aliviar dores causadas por tipos de câncer quanto impedir a demência e também reduzir custos de tratamentos médicos convencionais.

Vale lembrar que o Japão é um país repleto de idosos e pesquisas recentes mostram que, nessa faixa etária, a cannabis pode resultar em ganhos consistentes na qualidade de vida, justamente por precisarem tomar menos remédios.

O representante do partido, Saya Takagi, disse: “Desejo o início o mais breve possível da pesquisa e da introdução da maconha medicinal”, ao passo que a esposa do primeiro-ministro, Akie Abe, também se posicionou a favor da proposta de legalização da erva.

Oficialmente o governo japonês segue a recomendação da OMS e é contrário a medida, mas… quem sabe a coisa não muda?! Não é possível que o Japão vá legalizar antes que o Brasil… é?!



6 respostas para “Partido Japonês defende Legalização da Maconha”

  1. Sub-Zero disse:

    O futuro da maconha no Brasil é sombrio.

  2. Claudio disse:

    Sem contar que existem pessoas que tem autorização para produzir o
    canhamo,ou seja,exitem plantações legais no Japão para a produção industrial da fibra da cannabis e também para a produção de sementes.Podiam até fazer uma matéria sobre esse assunto.
    Seria interessante para mostrar que nós realmente estamos muito atrasados.

  3. Claudio disse:

    Acho bem difícil legalizarem a maconha no Japão…
    A Yakuza,maior e mais antiga organização criminosa do Planeta lucra muito com a venda de maconha e haxixe no Japão.
    E eles estão ligados diretamente a política do país.
    O custo da maconha ilegal lá é de aproximadamente cem dólares a cada duas gramas de maconha de ótima qualidade.Ou 1g de Hash.
    Pelos menos na questão de drogas acredito que o Brasil esteja
    mais próximo de uma política mais justa levando em consideração o fato de que no Japão a posse de drogas independente da quantidade resulta em crime grave com condenação certa com penas a partir de um ano,dependendo da quantidade e da pessoa.
    Ou seja,se você roda com um baseadinho,perninha de grilo que seja,já era,ou cadeia ou reformatório.
    Mas vai saber né mano,o Brasil é um país tão atrasado que é possível mesmo do Japão adotar uma política de drogas mais elaborada já que eles seguem as tendências americanas e europeias…
    Enquanto isso por aqui as coisas continuam as mesmas,maconha barata,de péssima qualidade,sendo vendida em milhões de esquinas pelo país por adolescentes,crianças ou criminosos já formados…no caso das vendas dentro dos presídios…
    Enfim,acho difícil legalizar no Japão mas o Brasil é país muito mais atrasado em quase todos os sentidos comparado ao Japão,então
    essa realmente é uma possibilidade bem sólida…

  4. Matheus Pelicer disse:

    Não é possível o Japão legalizar antes do Brasil!!! (2) porra! Kkkkkkkkk

    Mas muito louco! Japão deixa os velhinho fumar… kkkk

  5. japaroots disse:

    Pelo que eu li um tempo atrás, ser pego com ganjah no JP, vc ta fodido, sua liberdade corre um risco real. Legislação contra “drogas” apertadíssima. Porém o abuso de cigarros e alcool é liberado e comum

    Nota: Não tenho certeza quando a liberação do abuso de alcool, mas a venda de cervejas e destilados é liberada s

    • Claudio disse:

      Se você for pego no Japão com qualquer tipo de droga que seja ilegal,
      não tem conversa,você já vai preso imediatamente.
      Então começa o processo de investigação para levar o caso ao promotor que vai mandar o caso para o juiz.
      Mas é certo que para esses casos as penas são de no mínimo um ano.
      O Japão é um grande consumidor de bebidas alcoólicas mas em casos de embriagues e distúrbios públicos,ao ser abordado pela polícia eles podem te levar para passar a noite dentro de alguma cela em alguma delegacia.
      Mas não resulta em crime,sendo que assim que estiver sóbrio você será liberado,a não ser que você tenha cometido algum crime durante sua embriagues,é claro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina