Pé de Maconha apreendido pelo Exército sumiu!

WeedNews

hempadao 27 agosto, 2017

Na estúpida guerra às drogas promovida pela polícia e as forças armadas na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro, uma foto ficou famosa. Nela, aparecem três moradores sendo transportados em um jipe do Exército junto com um solitário pé de maconha. Mas o pezinho sumiu…

Depois da foto, o perigoso “flagrante” sumiu dos registros oficiais e não aparece no inquérito. A denúncia de adulteração da cena foi feita pelo Defensor Público do Rio, Eduardo Newton, colunista do site Justificando.

No texto publicado no site o defensor Newton afirma que “o já conhecido pé de maconha não se encontrava mencionado no auto de prisão em flagrante daquelas três pessoas ou de qualquer outro que tivesse sido encaminhado para a Defensoria Pública naquele dia. Valendo-se de forma mais direta: sumiram com a erva!”. Além disso, ele conta que drogas e armas foram acrescentadas como se pertencessem aos acusados.

A equipe do Justificando questionou a Secretaria de Segurança Pública do Rio, o Exército e a Polícia Civil, mas ninguém soube explicar o que aconteceu com o pé de maconha e apenas apresentaram as circunstâncias que levaram a prisão das pessoas que aparecem na foto.

“As pessoas, máquina caça-níqueis, drogas, o pé de maconha e outros objetos ilícitos constantes da fotografia foram encontrados na Rua Maravilha, em Manguinhos, durante a Operação Conisi. Os suspeitos e o material recolhido pelas tropas foram apresentados na Cidade da Polícia à delegada Daniela Terra, que lavrou o Auto de Prisão em Flagrante,” diz o documento da assessoria do Exército.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina