Os Perigos de Trindade!

bONG

hempadao 7 junho, 2013

Quem frequenta o paraíso canábico de Trindade, no litoral do Rio de Janeiro, já sabe: o maior risco de rodar é no posto policial que fica no início da estrada que dá acesso a Vila. Mas a galera de Minas, pela primeira vez no lugar, não sabia disso e veio marolando no carro.

Chegando lá, o veículo foi parado no posto policial e cheiro de maconha tomava conta do carro. Antes mesmo de pedir os documentos o PM mandou a letra: "Cambada de maconheiros…todo mundo para fora do carro!"

 

Ao perceber a situação e a placa de outro estado, o Tira que estava dentro do posto policial se aproximou da negociação bancando o policial malvado. "Vamos deixar esses mineiros trancados até o advogado aparecer", ameaçou. O outro tentou amenizar a situação. "Entrega todo flagrante e, dependendo do tamanho, a gente pode aliviar".

Tudo que a galera tinha (aproximadamente 25g) foi entregue na mão do Tira que estava aberto para negociar. Ele olhou pro outro disse "Isso aqui vale mil reais", dando a deixa para o valor da propina.

O amigo maconheiro sentiu o jogo em questionou "no máximo 300, cada um de nós dá 100". O tira queria 500, mas acabou aceitando a proposta da galera. "Vai ali no orelhão fazer uma ligação e deixa a ficha lá", disse o PM.

Feita a ligação, a galera pode seguir o caminho…mais pobre e sem a erva.

Relato de uma leitora enviado para redacao@hempadao.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina