O Uruguai faz história legalizando o mercado completo da cannabis

WAW

hempadao 14 dezembro, 2013

O Uruguai se tornou o primeiro país do mundo a legalizar o cultivo, distribuição e consumo de maconha. O senado aprovou por 16 votos a 13.

A nova lei prevê que o Estado tome o mercado e, assim, afaste a droga dos traficantes. Mas as críticas dizem que isso pode aumentar o consumo e servir como porta de entrada pra drogas mais pesadas.

 

Roberto Conde, senador uruguaio, se dirigiu ao senado dizendo: “Os problemas do consumo não vêm da regulamentação que a lei estabelece. A lei estabelece este regulamento com o propósito de enfrentar as consequências negativas do consumo de maconha na nossa sociedade.”

Uma multidão se reunião em frente ao Congresso para apoiar a nova lei.

A partir de Abril, usuários poderão comprar maconha no balcão de farmácias licenciadas. Deverão ser maiores de 18 anos e registradas num banco de dados do governo, que monitorará suas compras.

O ativista pró-legalização, Martin Collazo, contou pro Euronews: “Hoje é um dia histórico. Não só para o Uruguai, mas para o mundo todo. Uruguai é o primeiro país a regulamentar o mercado da maconha. Agora as organizações sociais tem uma grande batalha ao continuar trabalhando para a eficácia deste programa. Mas hoje, acima de tudo, é um dia de celebração, como você pode ver pelas pessoas do lado de fora do palácio legislativo.”

Países como a Holanda já descriminalizaram a cannabis. Mas o Uruguai é o primeiro a legalizar toda a cadeia desde o crescimento da planta até a venda de suas flores. Outras nações estão assistindo de perto para ver se a nova abordagem funciona.

Matéria Original AQUI



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina