O Tira-Farejador de Erva!

bONG

hempadao 18 outubro, 2013

Era tarde de segunda-feira quando meu camarada e eu partimos em direção do Clube Tamoio, em São Gonçalo (RJ), para fechar um show para nossa banda, mas antes passamos na casa de outro brother.

Chegando lá torramos varias troncas ficamos doidarassos curtindo a tarde no terraço de sua casa que tem uma vista foda. Saímos de lá na boa, ao som de The Doors quando avistamos uma Blitz e logo meganha mandou encostar o carro.

Ele pediu documentos do carro e fez uma revista pessoal. Percebendo a nossa cara de chapado o mesmo decidiu revistar o carro e pediu para que fosse acompanhado. Eu sabia que não estava com maconha, mas sabia que o cara podia achar vestígios no carro, como farelo, sementes e seda pois um dia antes eu estava no Sana.

– E ai, o que você está caçando?
Ele  responde feliz!
– Maconha! Achei vários vestígios, tem uma semente e seda.
– Sei que tem maconha aqui vou achar!

Dai fiquei bolado do cara achar até alguma coisa entocada que nem eu sabia que tinha, ou até o pior que era implantar alguma coisa. Os caras passaram quase uma hora olhando o carro todo, quando por incrível que pareça o cara decide revistar meu amigo novamente.

Quando ele abre a carteira do brother o filho da puta me tira uma ponta de dentro da carteira. Mas era a ponta da ponta mesmo, tinha o tamanho de uma unha e era tão velha que já estava fossilizada.

O policial fica feliz com a descoberta e continua a vasculhar o bolso dele, quando acha nada mais nada menos que um galinho meu irmão. É isso mesmo! Uma nota de R$ 50. Logo o PM mandou acompanhar ele até a viatura dizendo que ia nos encaminhar até a delegacia, pois tínhamos uma ponta, Isqueiro, seda e uma semente.

Quando meu amigo começou a argumentar sobre o ocorrido, eles começaram a nos xingar, chamando de maconheiros de merdas e que nos comparava a um estuprador, além de jogar indiretas sobre dinheiro. Foi quando eu disse:

Bom, se o senhor acha que tem provas o suficiente para nos colocar na cadeia, que nos leve então, mas não vai rolar dinheiro. Ele logo ficou puto nos xingou mais ainda, mas viu que não tinha prova o suficiente para nos incriminar e nos mandou sair da frente dele antes que ele fizesse uma besteira!

Relato de um leitor enviado para redacao@hempadao.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Papelito
Banner Sedina